Mais uma vez, Evan Blass quer acabar com as surpresas no mercado mobile. O alvo do momento, no entanto, não são Apple, Samsung ou LG, mas sim uma das gigantes chinesas: a Huawei. Segundo o repórter da VentureBeat – e leaker profissional –, a fabricante pode estar prestes a lançar seu Huawei P11 e o flagship pode ter um conjunto de câmeras traseiras de nada menos que 40 MP. Que chato, né?

O dono do perfil @evleaks no Twitter soube dessa história graças a um material promocional que, supostamente, teria vazado de uma agência de publicidade trabalhando para a empresa chinesa. As imagens foram apagadas do seu site de origem, mas Blass, claro, replicou tudo na rede social, como você pode conferir abaixo.

Entre outras informações, as figuras revelam que o smartphone deve utilizar um conjunto de três lentes capazes de ativar um zoom híbrido de até 5x. De quebra, a câmera frontal pode trazer humildes 24 MP para suas selfies. Se esses rumores estiverem certos, é a Leica quem vai cuidar de toda a parte óptica do celular – o que, para muita gente, é sinônimo de muita qualidade nos cliques.

Partindo do princípio que ambas as marcas trabalham juntas desde o lançamento do Huawei P9, no início de 2016, e que o resultado da parceria são aparelhos com ótimo desempenho fotográfico, é de se esperar que o vindouro P11 dê trabalho para o Google Pixel 2 – o atual campeão do DxOMark. Ainda não há qualquer informação sobre preço ou data de chegada do dispositivo, mas é bem provável que saibamos mais sobre ele logo mais, no início de 2018.

Cupons de desconto TecMundo: