Para Tim Cook, CEO da Apple, a realidade aumentada (ou augmented reality) será o próximo grande passo da tecnologia popular e “vai transformar para sempre a maneira como você trabalha, joga, conecta e aprende”. A companhia vem investindo pesado nesse setor e pretende expandi-lo futuramente em seu ecossistema, com direito a um headset dedicado, previsto para chegar ao mercado em 2020. E pode ser que ele chegue um pouco antes, em 2019.

A Quanta, fabricante taiwanesa que monta os Apple Watches e MacBooks, apresentou seus dados financeiros trimestrais recentemente e o vice-presidente C. C. Leung não somente adiantou essa informação como também detalhou um pouco como será o gadget: óculos equipados com lentes transparentes “que permitem enxergar e interagir com o ambiente’.

APPLE HEADSET AR

“Estamos trabalhando em um projeto de AR e faz dois anos que estamos estudano tecnologias ópticas que o os aparelhos vem precisando há dois anos. Esse dispositivo pode estar disponível no mercado, no mais tardar, em 2019”, comentou o executivo.

O aparelho da Maçã deve ter painel sensível ao toque, reconhecimento de movimento da cabeça e comandos por voz conectados com a assistente digital Siri. Batizado preliminarmente como “T288”, deve rodar um novo sistema operacional, o rOS.

Cupons de desconto TecMundo: