Apresentado em 30 de maio deste ano como uma das grandes surpresas do universo mobile de 2017, o Essential Phone foi criado pelo cocriador do Android Andy Rubin e prometia muito. A vida real, porém, não parece ser tão agradável quanto poderia ser para o dispositivo modular, tanto é que a sua fabricante resolveu cortar o seu preço em US$ 200.

Agora, o gadget deixa de custar US$ 699 para ter preço oficial de US$ 499. Para não frustrar quem comprou o dispositivo com seu preço original, a Essential concede um código de desconto de US$ 200 que pode ser usado para adquirir, por exemplo, o módulo da câmera em 360° à venda no site da empresa. Obviamente, é possível usar o desconto para comprar outro Essential Phone.

Essential PhoneEssential Phone não vendeu tanto quanto era esperado.

Problemas nas vendas?

No fim de setembro, um relatório indicava que a Essential havia vendido apenas 5 mil unidades do seu smartphone de estreia. A quantidade não foi confirmada pela fabricante, mas também não foi negada, reforçando as suspeitas de que a previsão estava correta. Agora, a redução do preço oficial fortalece ainda mais essa tese, apesar de a empresa afirmar que não há relação entre um possível fracasso de vendas e o barateamento do gadget.

Mas não é difícil imaginar que o preço seria reduzido se tudo estivesse indo de vento em popa. Vale lembrar ainda que cobrar US$ 700 por um dispositivo debutante de uma marca estreante é um risco bastante grande. Por esse preço, o Essential Phone era mais caro do que o iPhone 7 Plus, por exemplo.

Agora, mais barato, será que o Essential Phone decola?

Cupons de desconto TecMundo: