MediaTek está determinada a tomar cada vez mais do espaço atualmente ocupado pela Qualcomm no mercado de processadores. Como ela pretende fazer isso? A resposta, segundo rumores trazidos pelo site taiwanês CNBeta, é surpreendentemente simples: diminuindo os preços de seus chips.

Segundo fontes anônimas, o Helio P40 será fabricado com processo de 12 nm e contar com oito núcleos. Mas a principal vantagem dele sobre o Snapdragon 660 Lite (seu principal concorrente) é seu custo, que deve ficar entre US$ 11 e US$ 12 por unidade. Em comparação, o chip da Qualcomm deve chegar por US$ 15 – o que promete ser uma vantagem considerável para a MediaTek na hora de as fabricantes escolherem um SoC.

Os rumores ainda afirmam que empresas como OPPO, Meizu e Xiaomi já encomendaram unidades do P40 para seus novos aparelhos (o que reforça informações anteriores). A expectativa, por sua vez, é de um crescimento de 15 a 25% nas vendas da MediaTek para o próximo ano.

Qualcomm também tem planos

Isso não quer dizer, é claro, que a Qualcomm não tenha suas novidades para mostrar. Os planos da gigante incluem a fabricação do Snapdragon 670, com processo de litografia em 10nm – que é muito mais custoso e, por isso, não deve se tornar um competidor direto do Helio P40, mesmo sendo mais poderoso.

Qual dos lados dessa briga vai se sair melhor? Bem, considerando que ambos estão em busca de ideias melhores e possivelmente mais baratas para nosso bolso, parece que somos nós, para variar. Agora é esperar para ver se esses rumores se provam verdadeiros ou não.

Cupons de desconto TecMundo: