Após divulgar a lista de aparelhos que receberiam o novo Android Oreo sem o Moto G4, a Motorola aparentemente voltou atrás e confirmou que o dispositivo lançado em 2016 receberá a mais recente versão do sistema operacional da Google. A companhia divulgou uma nota na qual confirmou a alteração e explicou que a ausência do Moto G4 foi se devia a “alguns erros no material de marketing” e definiu tudo como uma falha de comunicação.

Motorola afirmou também que, por se tratar de uma “atualização não planejada”, ela deve demorar um pouco até ser encaixada no calendário de atualizações previstas pela companhia. Além disso, apenas o Moto G4 Plus vai receber a novidade — Moto G4 e Moto G4 Play continuarão com o Android Nougat.

Apesar das explicações, não dá para dizer que se trata de algo não planejado. Vale lembrar que a própria Motorola havia prometido a chegada do Android O à quarta geração do Moto G nos materiais promocionais dos dispositivos e chegou inclusive a tentar “apagar os rastros” dessa promessa. De qualquer forma, os donos do Moto G4 Plus receberão ao menos mais uma grande atualização do Android.

Confira na íntegra a nota divulgada pela Motorola nesta segunda-feira (18)

Chamou a nossa atenção a existência de alguns erros em nosso material de marketing sobre as atualizações do Android O para o Moto G4 Plus. Isso foi um descuido da nossa parte e nós pedimos desculpas por essa falha de comunicação. É prática comum nossa que a família Moto G receba uma grande atualização de SO por dispositivo, mas para nós é importante manter promessas, então, em adição à atualização [para o Android] N que já foi recebida, nós atualizaremos o Moto G4 Plus para o Android O. Como esta é uma atualização não planejada, levará mais tempo para encaixá-la em nosso calendário de atualizações. Veja a nossa página de atualização de software para mais informações.

Cupons de desconto TecMundo: