Boa parte da imprensa dos EUA e do Canadá, países onde o Essential Phone será vendido inicialmente, já receberam o aparelho para análise, e alguns veículos já publicaram seus reviews. Por isso, já é possível ter mais ou menos uma ideia de como o aparelho de fato funciona e ele é realmente uma boa opção aos grandes nomes do mercado.

Se você está tão curioso quanto nós a respeito do modelo, confira com a gente o que a imprensa internacional está achando do Essential Phone nessas primeiras análises.

No geral, os principais veículos de tecnologia têm elogiado bastante o modelo e ressaltado que se trata de uma pequena revolução no mercado de smartphones atual. Isso por conta da filosofia da empresa que quer entregar um aparelho sem marcas na carcaça e software absolutamente simples e limpo. Fora isso, o fato de o dispositivo ter a parte frontal quase toda ocupada pela tela também chamou muita atenção.

The Verge

Dieter Bohn, do The Verge, demostrou em seu texto que ficou maravilhado com o design do Essential Phone, mais especificamente pela parte da frente. A tela com a parte contada para a câmera, segundo ele, não chega a incomodar, mas ressalta que nem todos os apps da Google Play mostram conteúdo até a parte de cima. Na maior parte das vezes, ela fica vazia, mostrando apenas a os ícones da barra de notificação.

Bohn afirma que o celular é resistente e passa uma ótima sensação ao toque

No que diz respeito à qualidade de construção, Bohn afirma que o celular é resistente e passa uma ótima sensação ao toque. Para ele, este é o celular mais bonito e mais gostoso de segurar que ele já testou durante o último ano.

No mesmo texto, ele comenta sobre alguns bugs que ainda precisam ser consertados pela fabricante e ressaltou que a câmera precisa melhorar para competir de fato com Google Pixel e Galaxy S8. Para um celular que custa quase US$ 700, Bohn deixa claro que esperava algo a mais.

Wired

David Pierce, da Wired, publicou recentemente seus pensamentos a respeito do Essential Phone. Ele também ficou impressionado com o design e compara a inovação no formato da tela com outras grandes marcas na história do Android, como o lançamento do Motorola Droid, que foi o primeiro celular com o software do Robô a de fato competir com o iPhone e fazer sucesso.

Pierce ainda celebra o fato de o software ser absolutamente limpo e também e gosta do corpo do aparelho

Pierce ainda celebra o fato de o software ser absolutamente limpo e também e gosta do corpo do aparelho, que não trazer qualquer tipo de inscrição. Em outras palavras, o jornalista gostou dessa filosofia de o aparelho pertencer ao dono — e não à marca — e ser diferente do que todo mundo tem em seus bolsos: iPhones e Galaxys.

Contudo, ele lamenta o fato de o novo formato de tela não ser completamente utilizado pelos apps, especialmente os de vídeo. Ainda assim, Pierce acredita que a jogada da Essential em abrir um corte para a câmera e sensores no topo foi mais acertada do que a da Xiaomi, que deixou o display do Mi Mix imaculado, mas colocou a câmera na parte de baixo. Por outro lado, a falta de proteção contra água o deixou com um pé atrás, assim como incomodou Dieter Bohn do The Verge.

Engadget

Chris Velazco, do Engadget, acabou de colocar sua análise do Essential Phone no ar. Para ele, esse novo aparelho é um ataque direto à filosofia de simplicidade da Google com os Pixel e destaca que esse modelo da Essential tem uma qualidade de construção incrível.

Ele explicou que nenhum outro smartphone que passou mais de uma semana em suas mãos saiu completamente ileso, sem nenhum risco ou arranhão, como foi o caso do Essential Phone. Com isso, ele concorda com o que diz a fabricante sobre a traseira de cerâmica e bordas de titânio: esse celular é mais resistente que os concorrentes. Ele só não tem a tela inquebrável, como a do Moto Z2 Force, mas certamente resiste melhor a quedas em outros aspectos.

A bateria também é bastante durável

O desempenho do Essential foi celebrado como sendo muito liso e consistente. Contudo, o que mais chamou a atenção de Velazco foi o software completamente limpo. Segundo ele, a bateria também é bastante durável, sendo possível passar um dia inteiro ou mesmo um pouco mais com o telefone de luzes acessas e sem pedir arrego.

Por outro lado, Velazco também não curtiu as câmeras, mesmo depois da atualização que a fabricante mandou. Entretanto, ele ressaltou que a Essential está aceitando as críticas de uma maneira positiva e melhorando seu software na medida do possível e, por isso, na última atualização, as fotos do celular melhoraram bastante, mas não a ponto de bater de frente com os principais concorrentes.

Mashable

Karissa Bell, do Mashable, gostou bastante do Essential Phone e destacou a qualidade de construção do celular e também afirmou que a relação entre o tamanho da carcaça do aparelho e da tela é perfeita. Ou seja, uma tela grande em um corpo pequeno.

Ainda assim, ela reclamou do fato de não haver um plugue de 3,5 mm para fones de ouvido e também não curte a ideia de não receber nenhum fone de ouvido sequer na caixa no celular.

Ela parece ter gostado da qualidade do display, mas não conseguiu fazer as pazes com o corte na parte da frente para a câmera de selfies

Ela parece ter gostado da qualidade do display, mas não conseguiu fazer as pazes com o corte na parte da frente para a câmera de selfies. Ela explica que o criador do celular, Andy Rubin, afirma que esta é a melhor saída, sendo que colocar o sensor na borda inferior seria ainda mais bizarro. Ainda assim, Bell acha a situação toda muito estranha.

Ela gostou da qualidade das câmeras depois da atualização que a fabricante enviou e destacou as diferenças do sistema de câmeras duplo na parte traseira. Enquanto no iPhone 7 Plus a segunda serve apenas para dar zoom e fazer um efeito desfocado, no Essential Phone, o segundo sensor é preto e branco para ajudar na captura de detalhes. Ela ainda elogiou o sistema de modularidade e parece ter gostado do conjunto da obra.

Ainda existem poucas análises de veículos internacionais mais confiáveis acerca do celular, sendo que a maioria só publicou primeiras impressões. De qualquer maneira, nós vamos dar o nosso próprio veredicto sobre o dispositivo assim que pudermos analisá-lo.

Cupons de desconto TecMundo: