Com seu display grande e quase sem bordas, design bonito e especificações poderosas, o Xiaomi Mi Mix é um celular que praticamente fica em uma categoria própria de dispositivos móveis. Exceto por alguns rivais chineses que vieram depois imitando o mesmo estilo, poucos smartphones poderiam ser comparados de forma justa com o phablet.

Entre os aparelhos atualmente disponíveis aqui no Brasil, o LG G6 é um dos que mais se aproximam da proposta do Mi Mix, já que também tem uma tela com formato diferente, design interessante e configurações avançadas – até o processador de ambos é o mesmo. Com isso em mente, resolvemos comparar os dois dispositivos para ver qual deles traz mais vantagens. Confira:

Versão do Sistema OperacionalAndroid 6.0 MarshmallowAndroid 7.0 Nougat
Tipo de TelaLCD IPS com 16 milhões de coresIPS LCD com 16 milhões de cores
Tamanho de Tela6.4 polegadas5.7 polegadas
Resolução de Tela2040 x 1080 pixels2880 x 1440 pixels
ChipsetQualcomm MSM8996 Snapdragon 821Qualcomm MSM8996 Snapdragon 821
Memória RAM4/6 GB de RAM4 GB de RAM
Armazenamento Interno128/256 GB32/64 GB
Cartão de MemóriaNãomicroSD, expansível até 256 GB
Câmera Traseira16 MP, abertura f/2.0, com resolução máxima de 4608 x 3456 pixelsDual 13 MP (abertura f/1.8, autofoco & abertura f/2.4, sem autofoco), pixel de 1.12 µm e resolução máxima de 4160 x 3120 pixels
Capacidade de Bateria4400 mAh3300 mAh

Design: Mi Mix causa mais impacto

No quesito design, ambos chegam com propostas diferentes do que vemos na maioria dos smartphones. O elemento que mais chama atenção nos dois é o tamanho da tela em proporção ao resto do corpo, o que reduz bastante as bordas dos dispositivos. No entanto, o Mi Mix consegue fazer um trabalho melhor nesse ponto, causando mais impacto quando sua tela está ligada.

No corpo, ambos também trazem acabamentos premium. O G6 aposta em uma traseira de vidro curvo protegido pela tecnologia Gorilla Glass 5, enquanto o Mi Mix vem com uma carcaça em cerâmica polida. Visualmente, o estilo do smartphone da Xiaomi chama mais atenção, especialmente na versão com detalhes em ouro 18 quilates. Mesmo assim, a fama que o celular chinês tem de ser frágil contra quedas torna o G6 a opção mais resistente dos dois.

Tela: mais detalhes e mais cores no G6

Indo para a tela, os aparelhos trazem várias diferenças. O display do Mi Mix é um IPS LCD de 6,4 polegadas com resolução Full HD e proporção de 17:9. Já o do LG G6 tem 5,7 polegadas, resolução Quad HD e proporção de 18:9. Na prática, isso significa que os dois têm ótima qualidade de imagens, mas a densidade de pixels é bem maior no G6, o que permite que ele exiba muito mais detalhes.

Além disso, a reprodução de cores e o contraste são melhores no dispositivo da LG. Por mais que o celular da Xiaomi também mostre muitas variedades de tonalidades, as cores mais suaves acabam parecendo um pouco esbranquiçadas nele. Com relação à proporção das telas, ambos os aparelhos têm formatos fora dos padrões tradicionais, o que faz surgirem margens pretas nas laterais quando você vai assistir a um vídeo em tela cheia.

Desempenho: poder igual, espaço diferente

É no desempenho que os dois celulares têm resultados mais parecidos, o que provavelmente acontece porque eles têm o mesmo processador Snapdragon 821. O LG G6 vem com a mesma quantidade de memória RAM que o modelo mais básico do Mi Mix, que é de 4 GB, mas o Xiaomi tem uma versão que vem com 6 GB.

Em teoria, isso ajuda um pouco na agilidade do aparelho e na sua capacidade de lidar com várias tarefas, mas na prática a diferença é pouca. Os dois smartphones funcionam muito bem tanto durante a utilização comum quanto na hora dos jogos. Os apps abrem com rapidez, a troca entre programas é ágil e games pesados funcionam sem problemas e sem esforço em ambos os dispositivos.

O único ponto que pode desempatar as coisas aqui é o tamanho do armazenamento. O Mi Mix tem duas versões, uma com 128 GB e outra com 256 GB de espaço interno. Qualquer uma das duas deixa os míseros 32 GB de armazenamento do LG G6 comendo poeira. Por mais que você possa usar um cartão micro SD para diminuir um pouco a diferença, isso não ajuda muito quem gosta de instalar vários apps pesados.

Interface: peso das customizações

Na interface, as duas empresas escolheram fazer várias modificações ao Android. Tanto a MiUI do Mi Mix quanto a LG UX do G6 funcionam bem e trazem estilos próprio de suas empresas, mas não afastam muito a experiência de uso daquilo que os usuários do sistema da Google já estão acostumados. Mesmo assim, o software embarcado da empresa coreana tem uma desvantagem.

Como o G6 vem com vários aplicativos de terceiros instalados por padrão sem a possibilidade de desinstalação, você acaba perdendo um espaço precioso no armazenamento interno do aparelho – o que não é legal se considerarmos que ele só tem 32 GB. No Mi Mix, os 128 GB ou 256 GB de memória fazem essa questão deixar de ter importância.

Câmeras: Mi Mix decepciona

Seguindo para as câmeras, a vantagem do LG G6 é incontestável. O sistema duplo da empresa coreana faz um trabalho excelente em ambientes externos e entrega imagens com ótimo nível de detalhes e cores. A qualidade do foco cai um pouco em lugares com iluminação artificial e em cenas capturadas no escuro, mas o resultado final ainda é aceitável. O mesmo pode ser dito para as selfies e os vídeos também saem bem – e contam com estabilização.

Já o Xiaomi Mi Mix só faz um bom trabalho sob a luz do sol. Fotos tiradas em ambientes internos bem iluminados já apresentam bastante ruído, e cenas noturnas saem sem muita qualidade, mesmo com flash. A câmera frontal faz um trabalho fraco em ambientes internos e gera imagens inutilizáveis no escuro. Além disso, os vídeos ficam tão tremidos que chega a ser difícil aproveitar algo.

Fotos tiradas com o Xiaomi Mi Mix:

Fotos tiradas com o LG G6:

Bateria: bons resultados em ambos

Os dois aparelhos tiveram bons resultados nos nossos testes de baterias, com uma pequena vantagem para o G6 – mesmo com a bateria bem maior do Xiaomi. No nosso teste de uma hora de reprodução de vídeo no YouTube com brilho no máximo, o Mi Mix rendeu uma estimativa de 10 horas de vida útil, enquanto o celular da LG chegou a quase 11 horas e 7 minutos.

Na prática, isso quer dizer que usuários mais intensivos provavelmente não vão ter muita dificuldade para fazer as baterias dos dois durarem um dia inteiro. Já quem fizer um uso mais moderado dos aparelhos provavelmente vai conseguir esticar o tempo longe da tomada um pouco mais, chegando até a um dia e meio.

Preço: vantagem do Xiaomi, mas atenção aos impostos

Como o Mi Mix não é vendido oficialmente por aqui, quem quiser o celular chinês vai ter que recorrer a lojas como a GearBest. Por lá, o modelo com 4 GB de RAM e 128 GB de armazenamento custa cerca de R$ 1,7 mil, mas pode ficar entre R$ 1,9 mil e R$ 2.725 por causa dos impostos. Já a versão com 6 GB de RAM e 256 GB de espaço interno pode ser importada por R$ 2.175, o que pode acabar custado entre R$ 2.375 e R$ 3.478 se você for taxado pela alfândega.

Enquanto isso, a LG atualmente está vendendo o G6 aqui no Brasil com o preço oficial de R$ 2.999, o que é maior que o valor mais alto da versão mais básica do Mi Mix, mas menor que o máximo que você pode ter que pagar pelo Xiaomi. Mesmo assim, o smartphone chinês traz um pacote mais vantajoso para quem não faz questão de uma câmera muito boa – e as chances de você ser taxado no valor máximo são pequenas.

A única desvantagem real do Mi Mix é não contar com assistência técnica especializada aqui no Brasil, mas lojas como a GearBest aceitam a devolução do aparelho dentro de alguns dias caso ele venha com defeito. Aí é só alegria.

-----

Mas e você, o que achou dos dois smartphones? Deixe a sua opinião nos comentários e, se estiver interessado em um deles, confira alguns links com descontos bacanas a seguir.

Opções de compra

Melhores ofertas do smartphone LG G6:

Xiaomi Mi Mix - Versão 18K (6 GB de RAM e 256 GB de memória interna):

Cupons de desconto TecMundo: