Em um evento para a imprensa realizado em Nova York, a Motorola apresentou hoje o seu novo “top de linha reforçado”, o Moto Z2 Force. O aparelho tem especificações parrudas e, assim como na geração anterior, uma tela com tecnologia ShatterShield, significativamente mais resistente a quebras do que o que vemos em vidros Gorilla Glass tradicionais.

O novo smartphone segue essencialmente o mesmo design do Z2 Play, anunciado pela marca há alguma semanas e já disponível comercialmente ao redor do mundo. O leitor de digitais agora tem um design agradável e parece de fato integrado ao corpo do aparelho, diferente do que vimos na versão anterior do dispositivo.

É curioso notar que um dos sensores é preto e branco

Além disso, outra coisa interessante acerca desse novo modelo é o sistema de câmeras na parte traseira, que agora tem dois sensores, cada um com 12 MP e recursos fotográficos interessantes. É curioso notar que um dos sensores é preto e branco, capaz de capturar imagens nesse esquema de cores de forma natural e também auxiliar o sensor principal na obtenção de detalhes para as fotos coloridas.

Assim que a Motorola publicar algumas amostras da câmera, vamos atualiar este texto.

Menos bateria

Outra mudança interessante diz respeito à bateria. A versão force, no ano passado, foi sinônimo de boa autonomia na comparação com o Moto Z comum, que tinha um corpo muito esbelto e, por isso, pouca capacidade de bateira. Agora, entretanto, o Z2 Force está seguindo mais ou menos esse caminho.

Ele perdeu 22% da sua capacidade de carga, ficando com apenas 2.730 mAh contra os antigos 3.500 mAh. Não sabemos o quanto isso pode impactar de fato no desempenho do celular, mas é bem provável que vejamos uma diminuição significativa na autonomia.

Especificações liberadas até agora

  • Chipset: Qualcomm Snapdragon 835
  • CPU: octa-core de 2,45 GHz
  • GPU Adreno 540
  • Tela: AMOLED ShatterShield de 5,5’’, resolução 2K (2560 x 1440 pixels)
  • RAM: 4 GB ou 6 GB
  • Armazenamento: 64 GB ou 128 GB + entrada para cartão micro SD de até 2 TB
  • Câmeras traseiras: 12 + 12 MP (segunda câmera monocromática) com abertura f/2.0
  • Câmera frontal: 5 MP com abertura f/2.2 e flash duplo em dois tons
  • Extras: leitor de impressões digitais compatível com gestos
  • Bateria de 2.730 mAh com conexão USB-C
  • Peso: 140 gramas
  • S.O: Android Nougat 7.1.1 com atualização para o Android O 8.0 em breve

Como você pode conferir, o novo top de linha da Motorola conta com novo chip Snapdragon 835 da Qualcomm, que, além de maior desempenho e melhor eficiência energética, entrega também mais conectividade. Esse é um dos primeiros aparelhos do mundo a contar com LTE gigabit. Dessa forma, se a sua rede 4G tiver suporte a esse padrão, você poderia navegar a velocidades incríveis no seu dispositivo móvel.

Novos Snaps

O que não mudou no novo celular foi o sistema dos Moto Snaps, que continua funcionando com os acessórios vendidos na geração passada. Ou seja, você pode encaixar no novo Moto Z2 Force todos os componentes que foram vendidos entre o ano passado e este ano sem se preocupar com retrocompatibilidade. Junto com o novo smartphone, a Motorola apresentou também dois novos Moto Snaps: um com câmera 360 e outro que funciona como um gamepad para o aparelho.

O acessório com câmera tem essa protuberância para cima, onde ficam as lentes e os sensores para captar imagens de ângulo aberto. Esse mesmo módulo também deve gravar áudio em 3D para oferecer uma experiência mais imersiva quando o usuário for de fato visualizar esses conteúdos. Será póssível também fazer lives no Facebook com essa ferramenta e editar vídeos direto no celular.

Já o gamepad transforma o smartphone em um console portátil bastante poderoso, especialmente na versão com 6 GB de RAM. O acessório de câmera 360° vai custar nos EUA US$ 299 (R$ 939) e o gamepad ainda não tem preço determinado. Também não sabemos ainda se esses itens serão vendidos no Brasil.

Preço e disponibilidade

Ainda não sabemos se o Z2 Force chegará ou não ao mercado brasileiro, uma vez que o modelo anterior não deu as caras por aqui. Nos EUA, entretanto, ele não deve mais ser um exclusivo da Verizon e será distribuído por outras operadoras bem como vendido desbloqueado e sem planos pela própria Motorola. A pré-venda no mercado norte-americano já começou, mas ele só chega às prateleiras no dia 10 de agosto e os preços por lá começam em US$ 720 (R$ 2.260) e vão até US$ 799 (R$ 2.527  na conversão direta).

O TecMundo viajou para Nova York para conferir o anúncio do Moto Z2 Force a convite da Motorola

Cupons de desconto TecMundo: