Um rumor que começa a se espalhar nesta terça-feira (11) sugere que a Samsung tem motivos bem interessantes para adiantar a chegada da linha Galaxy Note este ano. Além de se apressar para superar de uma vez por todas o fiasco do “esquentadinho” Note 7, a sul-coreana também pode acabar utilizando o lançamento do poderoso Note 8 para compensar as vendas mornas do recém-chegado Galaxy S8.

As informações vêm do site The Android Soul e indicam que, em comparação com os aparelhos da geração anterior da família “S”, os atuais top de linha da marca venderam 20% a menos no mesmo período. Quando se fala em números absolutos é que se tem uma dimensão da disparidade: enquanto a empresa comercializou 9,8 milhões de unidades da dupla S8 e S8+ nos primeiros 60 dias, o duo S7 e S7 Edge vendeu cerca de 12 milhões de unidades nos dois meses a partir de seu lançamento.

Por que será que essas belezinhas não estão vendendo tanto?

Será que essa é uma boa estratégia?

Com esse cenário diante de si, supostamente a Samsung teria decidido apresentar o Galaxy Note 8 ao mundo no final de agosto – pouco antes da IFA 2017 – para dar um fôlego extra à receita mobile da casa e, claro, cutucar sua principal concorrente no segmento. Sim, se esses rumores estiverem corretos, o smartphone pode começar a ser vendido no dia 10 de setembro, o que coloca o aparelho disputando diretamente a atenção e o interesse do consumidor com a nova geração de iPhones. Será que essa é uma boa estratégia?

Seja como for, é bem provável que todo esses mistérios e as especulações em torno do gadget se dissipem ou confirme muito em breve. Até agora, a expectativa é que o Note 8 desbanque tanto o Galaxy C10 quanto o Galaxy J7 (2017) e seja realmente o primeiro celular da casa com câmera traseira dupla. Adicionalmente, o brinquedinho deve trazer um hardware de respeito: processador Snapdragon 835, 6GB de memória RAM, até 128 GB de armazenamento interno e uma tela Infinity Display de 6,3 polegadas e resolução Quad HD+.

Você acha que isso vai ser o suficiente para recuperar os ganhos da sul-coreana, superar o Note 7 e bater de frente com iPhone 8 e companhia? Baita responsabilidade, não é? Deixe a sua opinião sobre o tema mais abaixo, na seção de comentários.

Cupons de desconto TecMundo: