(Fonte da imagem: Divulgação/Cosmic Motors)

Há quem diga que as criações que vemos no cinema são fonte de inspiração para as tecnologias que virão no futuro. Se isso for mesmo verdade, certamente o trabalho do designer alemão Daniel Simon estará entre as referências dos futuros engenheiros e desenvolvedores.

Durante a GPU Technology Conference 2013, evento promovido no mês de março pela NVIDIA, na cidade de San Jose, nos Estados Unidos, Simon ministrou uma palestra para o público em que apresentou detalhes sobre as suas criações. Entre os filmes em que colaborou, os principais destaques são as produções “Tron: O Legado”, “Capitão América: O Primeiro Vingador” e “Oblivion”.

Design inspirador

“Tron: O Legado” foi apenas o início da carreira de Simon em Hollywood. Ele também trabalhou como o responsável pelos veículos do filme “Capitão América: O Primeiro Vingador”. “O interessante é que enquanto Tron é um filme futurista, em Capitão América tivemos que pensar nos veículos levando em consideração que a história se passa nos anos 40”, destacou.

A pressão por conta dos dois projetos foi grande. “eu desenhei sete veículos em apenas cinco meses e todos eles tinham que parecer perfeitamente reais para o público”, revelou Daniel. Seu último trabalho poderá ser conferido nos cinemas ainda neste mês, na ficção científica “Oblivion”, estrelada por Tom Cruise.

Vintage Light Cycle, veículo do filme Tron: O Legado. (Fonte da imagem: Divulgação/Disney)

Além dos trabalhos pontuais para Hollywood, Daniel Simon continua o seu trabalho criativo na agência Cosmic Motors e, atualmente, desenvolve a estilização gráfica para uma escuderia da Fórmula 1.

Tecnologia fazendo a diferença

Depois de criar o design de alguns veículos para o filme “Tron: O Legado” – seu trabalho de maior destaque – Simon foi para casa e deixou os computadores do seu escritório renderizando imagens em altíssima resolução. Para sua surpresa, quando chegou na agência na manhã seguinte, o arquivo havia apresentado problemas às 2h30 da manhã. Foi preciso começar o processo do zero.

Light Jet, veículo do filme Tron: O Legado. (Fonte da imagem: Divulgação/Disney)

Foi nesse momento que Simon percebeu que precisaria de uma infraestrutura melhor para a finalização dos seus projetos. A solução encontrada foi a utilização de GPus como forma de ampliar a capacidade de processamento. “Estamos muito próximos da renderização em tempo real, tudo é uma questão de resolução. O processo que antes demorava um dia inteiro agora pode ser feito em questão de minutos”, explicou.

O designer contou que utiliza a solução Alias Industrial, da Autodesk, como software de criação. “Renderizar turntables (animações em 3D com giro 360 graus) em questão de minutos me assusta”, comenta o designer. Com as GPUs auxiliando no processamento, isso se tornou possível e o processo de criação agora é muito mais rápido.

Cupons de desconto TecMundo: