(Fonte da imagem: Divulgação/BRC Imaginatons Arts)

O ano de 2012 promete ficar marcado na história como o primeiro em que viagens espaciais de turismo serão realizadas pela humanidade. O preço da brincadeira será elevado: 200 mil dólares por pessoa (aproximadamente 345 mil reais). O voo será suborbital, portanto não chega a sair da órbita terrestre, mas será possível experimentar a sensação de falta de gravidade e olhar a Terra de longe.

Se você é um simples mortal e também quer ir para o espaço, mas não tem toda essa grana para torrar, saiba que a equipe BRC Imaginations Arts pensa em você. Eles estão propondo uma montanha-russa que viaja em uma pista íngreme a uma velocidade de 100 quilômetros por hora, antes de iniciar uma queda controlada, que colocaria os passageiros em gravidade zero por oito segundos.

Experiência espacial

Devido à complexidade do projeto, a montanha-russa poderá custar mais de US$ 50 milhões (86 milhões de reais), quase o dobro do preço da maioria dos modelos do brinquedo. Ao contrário das montanhas-russas normais, a viagem será completamente fechada, e os passageiros estarão presos em fivelas frouxas para terem a sensação de flutuar em uma sala. Além disso, serão fornecidos pequenos adereços, como bolas e copos d’água, para melhorar a experiência da ausência de gravidade.

Pensando nos imprevistos, a montanha-russa virá equipada com um sistema de drenagem, para eliminar uma possível expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca, ou seja, o vômito. Além disso, atendentes estarão equipados com mangueira para limpar o brinquedo quando ele parar.

Ainda não foi definido um local para a instalação da atração. Segundo o site de notícias PopSci, o projeto está previsto para ser concluído em dois anos, caso receba financiamento. A espera pode valer a pena, considerando que essa montanha-russa pode ser a única esperança para a maioria de nós fingirmos que estamos no espaço.

Cupons de desconto TecMundo: