Atualmente, a velocidade máxima de reprodução de quadros dos apps para Android é de 60 fps – o que não significa, é claro, que muitos deles realmente funcionem consistentemente nesse ritmo. Ainda assim, a Google vem trabalhando em novos métodos que poderiam permitir que esses valores fossem dobrados, atingindo um novo limite de 120 fps.

A maioria dos aplicativos para Android que não são jogos hoje costumam ser escritos em Java, mas um grupo dentro da Google está fazendo experimentos com uma nova forma de fazer apps usando a Dart, uma linguagem de desenvolvimento web feita pela gigante das buscas. Caso os resultados esperados sejam atingidos, teremos acesso a programas com foco na velocidade, profunda integração com a internet e sem Java.

Embora a ideia de ter que aprender uma nova linguagem do zero provavelmente não soe muito boa para os desenvolvedores, a Dart parece trazer algumas vantagens interessantes, entre as quais a mais óbvia é a capacidade de chegar a 120 fps – o que hoje ainda nem seria possível de aproveitar nas telas de 60 Hz dos nossos smartphones.

Com o nome de Sky, a Dart para Android por enquanto é apenas um experimento em código aberto. Você pode conferir uma demonstração da tecnologia no vídeo acima ou então baixar o aplicativo experimental Sky Demo diretamente para o seu aparelho a partir da Play Store (clique aqui).

Cupons de desconto TecMundo: