A Google é uma das grandes empresas do mercado de tecnologia a apostar com muita força no segmento de serviços baseados na nuvem. Assim, não é de se surpreender que a companhia tenha um portfólio de produtos bastante rico nesse segmento. Agora, para tentar dar um direcionamento melhor aos desenvolvedores que dependem de cloud para potencializar seus aplicativos, a Gigante das Buscas anunciou que deve transformar seu Firebase em uma plataforma unificada para os profissionais da área mobile.

Esse plano foi revelado durante o Google I/O, na última quarta-feira (18), e mostra que a companhia realmente acredita no potencial da ferramenta – que foi integrada ao acervo da marca em 2014. Se antes o sistema era bem semelhante a um antigo serviço do Facebook – o Parse, que fazia o papel de banco de dados e trazia opções de hospedagem e autenticação de usuários –, agora ele incorpora diversos recursos da casa para oferecer um leque bem mais robusto de funcionalidades.

Plataforma quer se tornar solução integrada para desenvolvedores

As funções de análise, por exemplo, se tornam bem mais detalhadas e poderosas com a reformulação, bastando a adição de algumas linhas de código para que apps já lançados possam conversar de forma muito mais natural com o Google Analytics. O controle dos desenvolvedores em cima desse tipo de integração é tão alto que permite dizer exatamente como os dados do usuário passam do aplicativo para o banco de dados ou filtrar quais informações devem ser armazenadas ou verificadas durante o uso do software.

De forma geral, essa nova versão da plataforma e do SDK visa solucionar em um só lugar as necessidades dos programadores. A ideia principal é evitar que eles tenham que recorrer a diferentes produtos para tratar de cada elemento das aplicações mobile, como avaliação da audiência e acompanhamento da performance de rendimentos com propagandas. O melhor disso é que os 470 mil usuários da plataforma – um belo salto dos 100 mil originais – podem acabar evitando bugs e outras dores de cabeça, por meio da adoção de uma ferramenta única.

A ideia principal é evitar que eles tenham que recorrer a diferentes produtos para tratar de cada elemento das aplicações mobile

O update também se apoia no Google Cloud Messaging para apresentar uma nova interface de notificações chamada Firebase Cloud Messaging. Com esse novo método de alertas, as mensagens se tornam ilimitadas – e completamente gratuitas – para sistemas baseados em Android, iOS ou mesmo via navegador.

Você costuma utilizar muitos serviços na nuvem no seu dia a dia? Comente no Fórum do TecMundo!

Cupons de desconto TecMundo: