(Fonte da imagem: Joi Ito/Wikimedia Commons)

Em entrevista ao jornal The Financial Times, o presidente e fundador da Dell, Michael Dell, afirmou que a chamada “Era pós-PC” é apenas conversa fiada. Segundo a publicação, na visão do executivo, os tablets e smartphones não substituirão os computadores. De acordo com o entrevistado, as vendas dos equipamentos tradicionais ainda têm um amplo mercado, principalmente em países em ascensão – como a China.

“Há 1,5 bilhão de PCs no mundo e, enquanto a Gartner muda suas estimativas aqui e ali, ela também estima que haverá 2 bilhões de computadores no mundo até 2014. Então, quando eu olho para isso, acho a ideia de que o PC não estará mais aqui completamente sem noção”, comentou Dell.

Conforme pesquisa do grupo de análise industrial IDC, a Dell é a segunda maior vendedora de computadores do mundo, com 12,9% do mercado – ficando atrás apenas da HP, com 18,1%. O assunto é polêmico e somente o tempo dirá se Michael Dell está certo ou não.

Cupons de desconto TecMundo: