A Dell trabalha constantemente para atender aos mais diversos tipos de consumidores. Suas diferentes linhas de notebooks contam com modelos para todos os gostos e bolsos, que vão desde os mais simples até os mais elegantes e robustos.

Uma das principais séries de notebooks da marca é a XPS, que conta com dispositivos focados em design, qualidade de construção e desempenho. Esses aparelhos geralmente trazem o que há de melhor em tecnologia.

Desta vez, a fabricante atualizou o modelo XPS 13 com a linha de processadores mais recentes da Intel e uma tela de altíssima resolução que deixa qualquer um boquiaberto. O mais curioso é que todas essas qualidades são combinadas em um produto de medidas reduzidas.

O Dell XPS 13 é um notebook que chega para concorrer com produtos como o Macbook e Zenbook, modelos voltados para os usuários mais exigentes. Nós passamos alguns dias aproveitando todas as novidades do aparelho e agora trazemos nossas considerações. Será que temos um novo campeão na área?

Especificações

Design é o xis da questão

De forma geral, a Dell nunca erra a mão quando o assunto é design. Agora, considerando a linha XPS, o trabalho nesse quesito é ainda mais primoroso. O modelo XPS 13 que testamos tem um visual caprichado, que se encaixa perfeitamente nas características que percebemos em modelos concorrentes.

A estrutura externa toda de alumínio dá resistência e elegância ao aparelho. A qualidade de construção, aliás, é um ponto que merece ser ressaltado. O Dell XPS 13 é muito bem finalizado e apresenta conceitos de design adotados nos produtos mais recentes. Na tampa, somente o logo em material refletivo ganha destaque.

Como estamos tratando de um notebook premium, você já pode imaginar que as dimensões são bem compactas. Vale ressaltar que apesar de a Dell ter caprichado para reduzir a espessura, ela não precisou remover nenhuma porta ou trocar as conexões por tecnologias pouco comuns.

As bordas são muito finas e deixam o visual impressionante, mas ainda têm espaço para duas portas USB 3.0, uma conexão mini DisplayPort (pois é, não tem HDMI), o leitor de cartões e até um indicador de bateria com LEDs. Com um simples pressionar no botão lateral, você pode ter uma noção da porcentagem restante de bateria.

Ao abrir o notebook, nos deparamos com um visual muito bem trabalhado. A disposição de elementos foi feita cuidadosamente, de modo que cada detalhe faz a diferença. O apoio para as mãos é de fibra de carbono, que dá leveza, resistência e um acabamento perfeito. O material é muito suave e não risca com facilidade.

As teclas com retroiluminação ficam bem distribuídas e garantem conforto na digitação. O único detalhe aqui é que o layout do teclado é americano, então pode ser preciso se habituar e ter que fazer alguns ajustes no sistema. O touchpad grande responde muito bem aos comandos e ajuda na navegação.

Todo notebook queria um display desses!

Para complementar o design e levar um produto de altíssima qualidade ao consumidor, a Dell apostou em um elemento que faz toda a diferença. Entre tantas qualidades, a tela do XPS 13 é o que mais chama a atenção.

Com bordas muito finas, ela ocupa quase todo o espaço disponível e deixa o visual ainda mais bonito. Ao ligar o notebook, podemos perceber como isso faz toda a diferença. O espaço de aproveitamento deixa a experiência muito agradável. E ela ainda vem com proteção Gorilla Glass NBT, que oferece ainda mais resistência contra os riscos.

O Infinity display de 13 polegadas tem resolução QHD plus, ou seja, são 3.200 pixels na largura e 1.800 na altura para entregar uma qualidade de imagem inigualável. Não tem nem comparação com os concorrentes diretos e a definição é impressionante. Confira uma fotografia da imagem produzida na tela e repare que não é possível enxergar os pixels:

Além de todas essas qualidades a tela ainda é sensível ao toque, garantindo uma experiência mais rica e interativa. O vidro de proteção garante precisão no controle dos recursos de touch e não tivemos quaisquer problemas para usar o produto, mesmo com a resolução altíssima, já que é possível configurar o Windows para exibir ícones maiores. Talvez, o único probleminha seja um leve “vazamento de luz” (backlight bleeding) que acontece nas laterais da tela.

Hardware poderoso

Obviamente, um produto com design de ponta e uma tela tão bonita não poderia decepcionar em questão de hardware. Novamente, indo na contramão do mercado, a Dell disponibiliza os notebooks da série XPS com chips Intel Core i5 e Core i7, os quais oferecem todo o suporte necessário para entregar alta performance.

O modelo que testamos tem processador Intel Core i7-5500U. Este componente roda a 2,4 GHz, mas pode chegar a 3,0 GHz para tarefas mais pesadas. O grande diferencial deste modelo é o TDP baixo, que garante baixo consumo de energia e temperaturas controladas.

Para combinar com este item, a Dell colocou 8 GB de memória RAM e um SSD de 256 gigas. Todas as atividades são realizadas com rapidez. O boot acontece em poucos segundos e os programas funcionam com muita fluidez.

O chip gráfico é o Intel HD Graphics 5500, que vem preparado para dar conta da resolução elevada do display. Aliás, a inclusão da DisplayPort se deve justamente a esta questão, já que este chip só roda HDMI com resolução mais baixa. O componente gráfico roda jogos como GRID 2 e Tomb Raider com qualidade baixa em resolução Full HD.

Benchmarks

3DMark

Powermark - Produtividade

Webcam, áudio e bateria

Apesar de ter tomado boas decisões na hora de projetar o XPS 13, a Dell acabou errando num pequeno detalhe: o posicionamento da webcam. Por conta da Infinity Display, a empresa não teve outra solução a não ser colocar a câmera na parte inferior da tela.

Isso já é um bocado esquisito, considerando que estamos acostumados com a lente na parte de cima, só que fica ainda mais complicado, porque a webcam fica no canto esquerdo, já que o logo da Dell fica no centro. Dependendo da posição da tampa, a câmera acaba filmando as teclas do notebook.

Em questão de qualidade de imagem, não temos do que reclamar. A câmera do XPS 13 é de altíssima definição, captura tudo com muitos detalhes, cores vibrantes, bom nível de contraste e não produz ruídos perceptíveis em uma conversa com vídeo. Ela captura os vídeos em alta velocidade e garante naturalidade nos conteúdos gravados.

O sistema de áudio do XPS 13 é um show à parte. Os alto-falantes ficam escondidos no interior, mas ainda produzem um som de cair o queixo. O sistema sonoro entrega bom equilíbrio de graves e agudos, sendo perfeito para curtir músicas e filmes em volume alto.

No teste do Powermark, a bateria durou quatro 4 horas e 13 minutos. Em nosso teste de vídeo, com WiFi ligado e nível de brilho da tela no intermediário, a bateria durou quase 5 horas. Entretanto, na prática, conseguimos usar o notebook por quase 6 horas, o que dá pra considerar como um número excelente!

Vale a pena?

Nossa experiência com o Dell XPS 13 foi mais do que suficiente para termos a certeza de que ele é um dos melhores notebooks disponíveis atualmente. O design de alto padrão, a configuração de hardware robusta e as medidas reduzidas já bastariam para ficarmos apaixonados pelo produto.

Entretanto, o que mais nos impressionou foi o display de resolução elevada. Curtir vídeos em resolução 4K, aproveitar toda a qualidade das imagens capturadas com câmeras de alta definição e até mesmo usar o sistema no dia a dia é um prazer imensurável. A capacidade de interação com recursos de toque é apenas um detalhe diante dessa tela.

O único detalhe a acrescentar aqui é a questão do preço. Infelizmente, a alta tecnologia vem com um alto valor, então este notebook é para poucos. Atualmente, a configuração básica custa mais de 7 mil reais, sendo que a configuração mais robusta pode chegar próximo dos 8 mil reais. Para quem tá com muita grana, com certeza esta é uma opção a se considerar, já que é um produto que tem ótimo acabamento e bons recursos.

Não poderíamos finalizar nossa análise sem parabenizar a Dell, que continua com seu alto padrão de qualidade e trazendo novas tecnologias ao consumidor.

Cupons de desconto TecMundo: