A Dell é mais conhecida no mercado de eletrônicos pelos seus computadores, mas a companhia tem se engajado bastante na produção de tablets nos últimos tempos. Um dos mais recentes resultados desse trabalho é o Dell Venue 7, o tablet de baixo custo da empresa.

Esse dispositivo pretende ser uma alternativa bem barata para quem precisa de um tablet Android pequeno e não quer abrir mão de um bom desempenho. O que mais chama atenção é o seu processador Intel 64-bit e o preço, que normalmente está abaixo de R$ 500 no comércio virtual brasileiro. Além desses detalhes, ele tem um design agradável e uma textura na parte traseira que facilita a pegada com apenas uma mão. Dessa forma, é mais difícil derrubar o aparelho sem querer.

Se você se acha que esses detalhes são importantes em um tablet, confira nossa análise completa do aparelho e descubra se vale a pena ou não comprá-lo.

Hardware

O Venue 7 é um tablet de baixo custo e, por isso, não dá pra esperar especificações top de linha ou um desempenho invejável. Mas isso não quer dizer que ele não consiga dar conta das tarefas do dia a dia. Na verdade, faz isso com folga. Você consegue navegar na internet, usar as redes sociais, ler textos e jogar games casuais. Ele também dá conta de alguns títulos mais exigentes, como Candy Crush, Subway Surfers e até Asphalt 8: Airborne.

Só não conseguimos rodar Real Racing 3. O game não pôde ser executado depois da instalação no aparelho, o que pode ser algum tipo de incompatibilidade com o chip Intel. Esse tipo de coisa pode acontecer em outros aplicativos também, uma vez que a fabricante do processador utiliza uma arquitetura diferente da usada pela maioria das concorrentes, o que gera alguns problemas.

O processador Intel Atom do Venue 7 tem dois núcleos de 1,6 GHz e arquitetura 64-bit. Isso já garante uma larga vantagem para o aparelho da Dell se comparado a outros tablets na mesma faixa de preço. Temos ainda 1 GB de RAM e 16 GB de armazenamento, que pode ser expandido com cartões micro SD. Confira a tabela completa acima.

Bateria

A bateria, por outro lado, tem um desempenho baixo para um tablet. Em um teste mais metódico, uma carga completa durou 4 horas e 2 minutos reproduzindo um vídeo em HD com WiFi ligado e brilho da tela no máximo.

Isso quer dizer que você pode até conseguir usar esse aparelho por um dia inteiro sem conectá-lo a uma tomada, mas não vai poder ficar dias com ele na mochila usando com certa frequência, como acontece com a maior parte dos tablets de grandes marcas.

Benchmarks

Para a realização desta análise, submetemos o Dell Venue 7 a cinco aplicativos de benchmark. São eles: 3D Mark (Ice Storm Unlimited), AnTuTu Benchmark 5, Basemark X, GFX Bench (T-Rex HD Off Screen e T-Rex HD On Screen) e Vellamo Mobile Benchmark (HTML5 e Metal).

3D Mark (Ice Storm Unlimited)

O teste Ice Storm Unlimited, do 3D Mark, é utilizado para fazer comparações diretas entre processadores e GPUs. Fatores como resolução do display podem afetar o resultado final. Quanto maior a pontuação, melhor é o desempenho.

AnTuTu Benchmark 5

Um dos aplicativos de benchmark mais conceituados em sua categoria, o AnTuTu Benchmark 5 faz testes de interface, CPU, GPU e memória RAM. Os resultados são somados e geram uma pontuação final. Quanto maior a pontuação, melhor é o desempenho.

Basemark X

O Basemark X tem como foco principal mensurar a qualidade gráfica dos dispositivos. Baseado na engine Unity 4, o app aplica testes de alta densidade, mostrando qual dos aparelhos se sai melhor na execução de jogos. Quanto maior a pontuação, melhor é o desempenho.

GFX Bench (T-Rex HD)

O GFX Bench é voltado para mensurar a qualidade gráfica. Isso inclui itens como estabilidade de desempenho, qualidade de renderização e consumo de energia. Os resultados são revelados em média de frames por segundo (fps). Quanto maior a pontuação, melhor é o desempenho.

Vellamo Mobile Benchmark

O Vellamo Mobile Benchmark aplica dois testes ao aparelho: HTML5 e Metal. No primeiro deles é avaliado o desempenho do celular no acesso direto à internet via browser. Já no teste Metal, o número final indica a performance do processador. Quanto maior a pontuação, melhor é o desempenho.

Tela

A tela de 7’’ tem resolução HD e conta com um bom nível de brilho. Você vai conseguir usar o dispositivo até em ambientes bastante claros sem maiores dificuldades. Ainda assim, diretamente sob a luz do sol, isso fica mais difícil, uma vez que a proteção de vidro reflete bastante, deixando a tela bem escurecida.

Temos aqui 213 ppi (pixels por polegada), o que garante a ele uma densidade mediana. Isso pode não parecer um problema a princípio, mas, em ambientes mais desafiadores, como locais abertos, você poderá sofrer para identificar detalhes pequenos. Se ele fosse Full HD (1080p), esse problema seria bastante atenuado.

Vale comentar ainda sobre a construção do display, feito no modelo IPS, que garante bons ângulos de visão. De fato, você consegue ver tudo o que aparece na tela mesmo com o dispositivo bastante inclinado. Apesar disso, um problema percebido é que pode haver algumas distorções de cor aqui e ali, principalmente quando há muitos elementos em branco na tela.

Câmeras

O Venue 7 tem uma câmera de 1 MP na frente para videochamadas e outra de 5 MP na traseira para fotos e vídeos. Nenhuma das duas consegue fazer boas fotos, mas o sensor da parte de trás quebra o galho em ambientes com boa luz. Nessas situações, é possível produzir imagens com bons tons de cor e foco bem preciso. Mas, mesmo dessa forma, ainda teremos sempre um pouco de ruído.

A velocidade de captura é muito boa nas duas câmeras. Você toca no botão específico e a imagem está pronta. Apesar disso, em nossos testes, notamos que o app de fotografia demora um tempo a mais para renderizar as imagens. Em uma oportunidade, quando tiramos várias fotos imediatamente seguidas, a ferramenta chegou a travar. Tudo isso com a câmera traseira.

O sensor frontal é bem mais simples, e o quadro de captura que ele mostra não ocupa toda a tela. Isso de deve ser fruto da baixa resolução, apenas 1 MP. Mesmo assim, se você não tiver a intenção de ficar fazendo inúmeras selfies com ela, reservando-a apenas para videochamadas, não deve se decepcionar.

Áudio

O tablet tem um alto-falante que consegue reproduzir sons com uma qualidade interessante. Não chega a ser excelente, mas, se o compararmos com outros aparelhos dessa faixa de preço, a vantagem do Venue 7 fica evidente.

O volume máximo é sempre bem alto, e a abertura do alto-falante no fundo do tablet é grande. O que pode atrapalhar é o seu posicionamento, já que, sempre que você pega o dispositivo com as duas mãos na horizontal, a saída de som fica encoberta.

A Dell ainda embarcou uma tecnologia de som que pretende melhorar a qualidade do áudio de acordo com o que você está fazendo no momento. Para brincar com essas configurações, você pode acessar a área de notificações ou simplesmente procurar pelo MaxxAudio na gaveta de apps do sistema.

Construção

Diferente da maioria dos tablets de baixo custo, o Dell Venue 7 tem uma boa qualidade de construção. A carcaça é coberta com uma textura emborrachada e chanfrada na traseira, o que facilita a pegada.

A estrutura geral do aparelho é bem rígida, passando a sensação de que o tablet é mais premium do que realmente aparenta. Por isso, você não vai se preocupar muito em derrubá-lo. A novidade também é leve, pesando apenas 290 g.

No Brasil, é possível comprar esse aparelho em preto ou vermelho na versão WiFipor valores entre R$ 459 e R$ 699. Há ainda um modelo com 4G que vem apenas na cor preta e custa algo entre R$ 870 e R$ 999.

Acessórios

A Dell vende como acessório oficiais do Venue 7 três itens diferentes:

  • O primeiro é uma capa de borracha chamada “Dell Duo”, disponível em cinco cores diferentes: azul, cinza, vermelho, preto e rosa. Cada uma custa R$ 69.
  • O segundo item é o Dell Cast, uma espécie de Chromecast feito especialmente para os tablets da marca, tendo ainda uma entrada USB para ligar periféricos, como teclados e mouses. Esse acessório é vendido por R$ 270.
  • O terceiro item é o alto-falante portátil Dell AD211, que, na verdade, funciona com qualquer aparelho que possua conexão Bluetooth, mas foi concebido especialmente para os portáteis da empresa. Esse sai por R$ 214.

Software

O tablet da Dell vem de fábrica com uma versão preliminar do Android KitKat e, no momento em que ligamos o dispositivo pela primeira vez, já havia uma atualização de firmware disponível — que trouxe o Android 4.4.4, o mais atual antes do Lollipop. Apesar disso, até agora, não há qualquer informação sobre da chegada do novo Android.

Interface

A fabricante resolveu não mexer muito na interface do Venue 7 para não comprometer o desempenho. Por isso, temos aqui um Android praticamente puro, mas com algumas personalizações sutis da Dell.

Na barra de notificações, por exemplo, você encontra um controle para alterar os perfis de som do dispositivo. Fora isso, a empresa embarcou 8 apps adicionais. Alguns são mais úteis do que outros, e você ganha 20 GB de armazenamento por um ano no Dropbox.

Confira a lista de apps adicionais:

Vale a pena?

Oficialmente, a Dell vende esse tablet em sua loja online por R$ 699. Apesar disso, é possível encontrá-lo facilmente por R$ 459 para pagamento à vista no boleto. Considerando esse valor mais baixo, podemos dizer que o Venue 7 tem um ótimo custo-benefício. Mesmo sendo um aparelho de entrada, ele tem um chip 64-bit e apresenta um desempenho melhor que o dos concorrentes da mesma faixa de preço.

Fora isso, temos que lembrar também da boa qualidade de construção, do som alto e do suporte oferecido pela Dell, que vende vários acessórios oficiais para o tablet. O mais interessante de todos é o Dell Cast, uma espécie de Chromecast da Dell que permite espelhar a tela do tablet em qualquer TV ou monitor e ainda traz uma entrada USB para conexão de mouse e teclado.

A empresa resolveu não mexer na interface do Android e apenas adicionou alguns apps extras. Um deles inclusive faz diagnósticos no aparelho para procurar possíveis problemas. O Dropbox que já vem no tablet oferece ainda 20 GB de espaço gratuito por um ano. Se você guarda muitos arquivos na nuvem, essa é uma boa pedida.

Pesam contra ele apenas a baixa duração da bateria e a câmera, que não consegue fazer boas fotos. Mesmo assim, tablets não são feitos para fotografar, o que deixa essa característica dele menos importante. Sendo assim, podemos dizer que vale a pena investir em um Dell Venue 7. Atualmente, trata-se de um dos melhores tablets de entrada disponíveis no Brasil e ainda tem um ótimo custo-benefício.

Cupons de desconto TecMundo: