Desde o lançamento do Windows 8, a Dell vem apostando suas fichas em aparelhos versáteis capazes de fornecer tanto a experiência padrão de um notebook quanto a versatilidade de um tablet.

Os chamados conversíveis são PCs capazes de se adequar a diferentes necessidades, podendo ser usados em diversas posições e garantir conforto e desempenho ao usuário. A série Dell Inspiron 7000 vem justamente para atender a este segmento de consumidores que buscam algo a mais em seus computadores portáteis.

Recentemente, a Dell nos enviou o novo Inspiron 7000 com tela de 13 polegadas. O modelo que recebemos tem display sensível ao toque de alta definição (com direito a caneta de interatividade passiva), hardware poderoso, teclado apropriado para o dia a dia e bateria de longa duração.

Nós analisamos o produto com carinho e agora trazemos nossas impressões e testes para você saber o que pode fazer com esta máquina de alta qualidade. Será que este é o seu próximo computador? Vamos conferir em breve, mas antes vale dar uma pausa para verificar as especificações do produto.

Especificações

Design trabalhado cuidadosamente

Quando retiramos o Inspiron 7000 da embalagem, a primeira impressão que tivemos foi de que estávamos com um produto premium em mãos. E, de fato, a atenção da Dell com o design do aparelho surpreende, tanto pela aparência como um todo quanto pelo acabamento impecável.

O visual é muito caprichado, a começar pela escolha da cor da tampa e da disposição dos elementos. A cor metálica dá um destaque ao produto, ainda que não seja algo tão gritante, já que há a aplicação de um acabamento fosco. A logo estampada aqui chama muito atenção, já que o contraste com o fundo garante que o consumidor repare muito no nome da marca.

Construído com um material plástico que dá a sensação de superfície emborrachada, este Dell garante boa pegada e evita possíveis arranhões. A espessura é reduzida e acomoda bem as portas USB, HDMI e os alto-falantes. As curvas bem acentuadas nas laterais também marcam a construção única do produto. Certamente, uma peça bonita para quem preza pelo design.

Tela belíssima

Se tem uma coisa que dá mais notoriedade ao Inspiron 7000 é a tela sem bordas — comumente chamada de borderless — que é perfeita tanto para incrementar o design do produto quanto para usar as funcionalidades de toque.

Gostamos muito da sacada da Dell em incluir uma caneta passiva para usar o touchscreen. Este acessório garante precisão e evita riscos ao display. Ela fica guardada na lateral direita e basta um clique para removê-la. Todos os comandos de tela funcionam perfeitamente, sendo que não é preciso aplicar força ao componente.

Bom, quanto ao display, ficamos muito satisfeitos com o colorido. Ele não distorce as cores, apresenta bom nível de brilho e equilíbrio no contraste. Com resolução Full HD, esse display é perfeito para trabalhar, ver filmes ou jogar.

Infelizmente, há duas questões que nos incomodaram um pouco. A primeira é a questão do refletividade do vidro que recobre o display. E a outra é a luminosidade limitada, tanto que não percebemos grande diferença entre os níveis mínimo e máximo. Não é um grande problema no dia a dia, mas pode incomodar em ambientes bem iluminados.

A flexibilidade do suporte do display é o grande diferencial deste PC. Ele é bem firme tanto para usar no modo stand quanto em modo tent. O uso como tablet também é confortável e a tela responde bem aos comandos de toque com os dedos.

Hardware bom, mas desempenho de vídeo nem tanto

O hardware do modelo que testamos nos impressionou. O processador Intel Core i7-5500 com clock de 2,4 GHz fornece desempenho de sobra para o dia a dia, isso sem contar que a frequência pode aumentar em casos de extrema necessidade.

Ele esquenta um bocado, chegando a 40 graus mesmo sem executar aplicativos pesados, mas também não é o fim do mundo. A temperatura talvez atrapalhe um pouco quando você usa o produto como tablet, já que as regiões mais quentes ficarão em contato direto com sua pele.

Com 8 GB de memória RAM, você pode rodar todos os apps e joguinhos. A memória com clock de 1.600 MHz apresenta boa performance nas principais tarefas. Quanto ao desempenho gráfico, devemos ressaltar que esta máquina fica classificada como intermediária.

O chip gráfico Intel HD Graphics 5500 serve bem para o Windows e até roda alguns games mais simples (incluindo títulos tridimensionais como DiRT 3 e LEGO Batman 2), mas não espere muito, ainda mais que a resolução Full HD exige um pouco mais do processador de vídeo. Nos testes com Batman: Arkham Origins, a GPU não conseguiu manter o desempenho acima de 20 frames por segundo.

O disco rígido híbrido de 500 GB tem muito espaço para armazenar arquivos. Ele vem com uma unidade flash de 8 GB que ajuda a acelerar o carregamento dos principais dados, mas, sinceramente, acreditamos que era melhor já ter uma opção deste Dell com SSD, que daria mais desempenho e ainda deixaria o produto mais leve.

Benchmarks

3DMark

Powermark - Produtividade

Teclado, áudio, bateria e peso

O teclado retroiluminado do Inspiron 7000 é ideal para trabalhar em ambientes escuros, sendo que há configuração para reduzir o nível de brilho ou até mesmo desligar as luzes — e assim economizar bateria. O layout com teclas bem espaçadas é perfeito para quem produz um grande volume de conteúdo diariamente.

A tela touchscreen deste notebook é muito boa, mas muita gente ainda prefere o touchpad, até por conta da necessidade de funcionalidades mais precisas em alguns software. Neste caso, o componente que vem neste Inspiron é grande, bom e bonito. A navegação é eficiente, precisa e as teclas não deixam a desejar. É bem provável que nem seja necessário usar um mouse.

O áudio deste Dell também não faz feio. Os alto-falantes ficam posicionados em local estratégico e garantem um som de qualidade independente da posição da tela. Se você usar o produto como notebook, o som sai por baixo das teclas e pelas laterais, entregando um resultado com bom volume e sem distorcer os sons. No modo tablet, os componentes sonoros também se comportam bem. No geral, os agudos satisfazem, mas os graves são limitados.

Também não dá pra reclamar da bateria. Quando rodamos o Powermark, chegamos a mais de quatro horas no teste balanceado. E em nossos testes de rotina, conseguimos rodar quase cinco horas de vídeo em Full HD com o brilho da tela em nível intermediário e com o adaptador WiFi ligado.

No fim das contas, talvez o pior problema deste Inspiron é o peso, que já não ajuda muito para carregar o computador de um lado para outro. Pesando quase 1,7 kg, você não terá uma boa experiência ao usar o produto como tablet.

Vale a pena?

O Inspiron 7000 se saiu muito bem em nossa análise. Esta máquina entrega bons resultados para o dia a dia, garantindo alto desempenho inclusive com softwares pesados. O desempenho em jogos não é surpreendente, mas o chip gráfico do produto testado tem capacidade para rodar alguns títulos recentes e com boa qualidade.

Sinceramente, para ficar perfeito, só precisava de um chip gráfico mais robusto e um SSD para acelerar o carregamento do sistema e dos aplicativos. Alguns ajustes para melhorar o peso também viriam a calhar, já que isso entregaria uma experiência mais satisfatória no uso do produto como tablet.

O modelo que testamos é a melhor configuração de todas, de modo que ele custa R$ 3.300. O preço é aceitável considerando o design bem trabalhado, a configuração de hardware poderosa e a tela touch com direito a caneta. Aos que pretendem economizar um bocado, é possível adquirir o modelo com Intel Core i3 e 4 GB de RAM por R$ 2.400.

Enfim, o novo Inspiron 7000 de 13 polegadas é uma máquina pronta para o que der e vier. Parabéns para a Dell pelo capricho e boas ideias.

Cupons de desconto TecMundo: