Já faz alguns anos que a Dell aposta no segmento de notebooks versáteis, capazes de fornecer experiências diferenciadas através das telas sensíveis ao toque.

A marca tem vários modelos de conversíveis, que geralmente fazem parte da série Inspiron. Nós já testamos aparelhos da família 7000, os quais se mostraram muito poderosos e prontos para atender às necessidades do dia a dia.

Agora, a fabricante nos enviou o modelo mais poderoso da família Inspiron 5000, que supostamente são intermediários, focados em levar boa experiência de uso até o consumidor que não quer gastar muito.

O notebook que recebemos tem tela de 13 polegadas sensível ao toque. O display de alta definição promete ótima qualidade para curtir vídeos, trabalhar e navegar na web. O suporte é dado pela configuração de hardware, que é poderosa e devidamente atualizada. Será que este é o seu próximo computador?

Especificações

Design com selo Dell de qualidade

O visual do Dell Inspiron 5000 é muito caprichado. Assim com a maioria dos modelos desse segmento, este notebook conta com acabamento em material plástico, mas o capricho da fabricante nos detalhes faz toda a diferença.

A cor metálica chama atenção e até deixa a aparência um tanto extravagante, já que a textura brilhante garante uma coloração diferente. O logotipo estampado na tampa também fica em evidência, uma vez que contrasta com o fundo.

As curvas acentuadas nas laterais marcam a construção única do produto e pequenos detalhes no acabamento também colaboram para criar uma composição mais coerente. Temos aqui um notebook que segue o design padrão da Dell, mas se destaca ao trazer ajustes pontuais.

A disposição dos elementos na parte interna é harmônica e entrega conforto ao usuário que pretende usar o produto para tarefas rotineiras. O espaçamento entre teclas é razoável, sendo que o teclado com layout ABNT2 facilita bastante as coisas.

O touchpad de dimensões avantajadas colabora ainda mais para quem utiliza o notebook por períodos prolongados e não quer carregar mouse. Além disso, até mesmo o alinhamento do touchpad com o teclado deixa o design mais agradável, sendo portanto um grande acerto da fabricante.

A tela centralizada ocupa bem o espaço disponível, ao mesmo tempo que casa perfeitamente com o todo. A espessura reduzida é apropriada para um produto desse tipo, que se propõe também a servir como tablet. É visível que a Dell conseguiu acomodar tranquilamente as portas USB, HDMI e os alto-falantes.

Tela belíssima

Assim como nós já havíamos constatado no review do Inspiron 7000, a tela dos produtos 2 em 1 da Dell chamam muito a atenção. O display do Inspiron 5000 também é do tipo sem bordas — comumente chamado de borderless —, o qual agrega tanto ao design quanto às funcionalidades de toque.

Além da qualidade de construção e da disposição, ficamos satisfeitos com a parte de exibição da tela. Ela apresenta um colorido vibrante, sem distorções de cores, nível de brilho razoável e um balanço adequado no contraste. A resolução Full HD garante ótima experiência para filmes e jogos.

Por outro lado, a refletividade do vidro que recobre o display atrapalha um bocado no dia a dia, ainda mais em ambientes com iluminação exagerada. Felizmente, a marca acertou na retroiluminação, que garante um reforço nas cores, disfarçando um pouco desse inconveniente.

É claro que, além dessas questões, a Dell ainda planejou uma experiência primorosa na parte de adaptação da tela. A flexibilidade do suporte do display é o diferencial deste notebook: ele é firme tanto no modo stand quanto em modo tent. O uso como tablet também é confortável e a tela responde bem aos comandos de toque.

Hardware competente

O Dell Inspiron 5000 está disponível em configurações que variam desde um Intel Core i3-6100U, acompanhado de 4 GB de memória RAM com HD de 500 GB, até um Intel Core i7-6500U — que trabalha em conjunto com o dobro de memória RAM e um disco de 1 TB.

No geral, a configuração que testamos nos impressionou em todos os sentidos. O processador Intel Core i7-6500U roda por padrão com clock de 2,5 GHz, o que já é suficiente para as atividades do dia a dia. Em situações de maior demanda, o chip deste notebook pode subir a frequência automaticamente para a casa de 3,1 GHz, o que ajuda muito em programas mais exigentes.

Equipado com 8 gigabytes de memória RAM, este Inspiron fornece boa performance para rodar muitos apps e joguinhos simultaneamente. O chip gráfico aqui é o Intel HD Graphics 520. Ele serve bem para o Windows e até roda games mais simples, mas não espere muito além disso, já que a tela Full HD exige um bocado do processador de vídeo.

O disco rígido híbrido deste modelo tem 1 TB de capacidade de armazenamento, o que garante espaço de sobra para guardar muitos vídeos, fotos e arquivos grandes. Todavia, pensando em desempenho, o componente mecânico não é a melhor opção. É por isso que a Dell tem uma versão do Inspiron 5000 com SSD de 256 GB, que faz muita diferença na performance e ainda deixa o PC mais leve.

Vale notar que o Dell Inspiron que testamos ainda se destaca pela compatibilidade com a tecnologia Windows Hello. Com hardware devidamente preparado para esta novidade e a presença de uma webcam de alta qualidade, o consumidor tem a possibilidade de desbloquear o sistema — e obter mais segurança — com o recurso de reconhecimento facial. Um excelente diferencial!

Áudio e peso

Para completar a experiência multimídia oferecida pela tela de alta qualidade, a Dell projetou um sistema de áudio de ótima definição. Os alto-falantes ficam em local estratégico e garantem um som bem limpo, independente da posição da tela, ou seja, não importa se você vai usar o aparelho em modo notebook ou tablet, pois o som é bem expressivo.

O mais surpreendente neste notebook é que, apesar das limitações de espaço, os componentes sonoros instalados apresentam equalização na medida. Os agudos são excelentes, os médios são marcantes e até mesmo os graves, apesar de um pouco limitados, são notáveis. O nível de volume também satisfaz, sendo adequado até mesmo para ambientes barulhentos.

Um quesito que costumamos criticar em notebooks é o peso, que geralmente é um problema para quem precisa levar o PC na mochila. Felizmente, com um bom balanço na escolha dos materiais e da disposição do hardware, a Dell alcançou uma forma de entregar um produto leve para o consumidor. Com aproximadamente 1,6 kg, este modelo só deixa um pouco a desejar para usar como tablet.

Bateria monstruosa

O Dell Inspiron 5000 é recheado de boas surpresas, mas certamente o que mais nos impressionou foi a autonomia da bateria. Quando rodamos o Powermark, chegamos ao número surpreendente de 7 horas e 35 minutos no teste de produtividade, que mescla atividades de escritório e navegação.

Vale notar que o teste do Powermark foi executado com a configuração de brilho da tela ajustada para 50% e com o adaptador de WiFi ligado. Os resultados com o programa, que executa múltiplas tarefas simultaneamente, evidencia que temos aqui uma máquina pronta para o dia a dia. Você pode levar este Inspiron para qualquer lugar e ficar tranquilo, pois não é preciso ter uma tomada por perto.

Em nossos testes, conseguimos usar o Dell Inspiron 5000 por quase 8 horas e 15 minutos. Nossas verificações consistem em uma mescla de atividades que você realizaria no cotidiano, incluindo navegação na web, trabalho com softwares de escritório, programas de multimídia e joguinhos casuais. Os testes foram realizados com WiFi ligado e brilho de tela em 50%.

Vale a pena?

O Dell Inspiron 5000 de 13 polegadas que testamos se mostrou bastante versátil e pronto para o consumidor que busca uma máquina razoável para trabalho e programas de multimídia. A tela sensível ao toque garante uma experiência muito rica e interativa, sendo que os diferentes posicionamentos da tela possibilitam encontrar novas, e confortáveis, maneiras de curtir mais o PC.

Gostamos muito de ver que a Dell melhorou vários aspectos que nós mesmos criticamos em reviews anteriores. As primeiras novidades ficam evidentes já na parte visual, que garantem um design muito harmônico e bem coerente. Todavia, o melhor desta máquina é a autonomia de bateria, que certamente nos impressionou um bocado.

O Inspiron 5000 é um notebook leve, poderoso e versátil para o dia a dia, sendo uma ótima opção pela autonomia de bateria

O modelo que testamos é o mais robusto, sendo que o processador Intel Core i7 (com 8 GB de memória RAM) se provou bem eficiente para rodar os programas mais pesados do mercado, incluindo Photoshop, e jogos como Tomb Raider. É importante notar, contudo, que mesmo o Dell com Intel Core i3 e menor quantidade de RAM deve dar conta facilmente das principais atividades.

De acordo com nossas pesquisas, no dia 22 de dezembro de 2016, os preços do Dell Inspiron 5000 de 13 polegadas variam de R$ 2,6 mil até R$ 3,9 mil. O valor cobrado pelo modelo de entrada é bem adequado, já que deve oferecer experiência similar à que tivemos com o top de linha, mas cabe muito mais fácil no bolso do consumidor.

O Inspiron 5000 que testamos é um ótimo computador, mas investir mais de R$ 1 mil e não ter um SSD ou incremento mais significativo (além de RAM e CPU) acaba sendo salgado. A opção com drive de estado sólido está disponível e custa 450 reais a mais do que a versão testada, o que totaliza R$ 4.350.

Essa decisão de oferecer um modelo ainda mais premium pode ser coerente do ponto de vista de negócios, mas certamente é desvantajoso para o consumidor, já que nem todos precisam do modelo com Intel Core i7. A fabricante bem que poderia disponibilizar o SSD para as versões mais simples.

É claro que tudo depende das necessidades, mas acreditamos que é preciso um ajuste nos preços para equilibrar as coisas. De qualquer forma, damos os parabéns à Dell pelo belo projeto deste Inspiron!

Cupons de desconto TecMundo: