O sistema de posicionamento global, popularmente conhecido como GPS, é uma mão na roda na vida de milhões de pessoas ao redor do mundo. Inicialmente desenvolvida nos Estados Unidos para uso militar, a tecnologia foi liberada para uso civil e, atualmente, praticamente qualquer smartphone é capaz de usar o sinal de satélites em órbita para determinar sua posição.

Embaixo d’água, no entanto, o GPS é completamente inútil, e é por isso que a DARPA (Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa) está trabalhando em uma solução para submarinos e outros veículos subaquáticos. O projeto, chamado POSYDON (Positioning System for Deep Ocean Navigation), funcionará de forma similar ao GPS, mas utilizará sinais acústicos que se espalham facilmente pela água.

O plano é que seja instalado um número significativo que transmissores acústicos de longo alcance no mar. Assim, submarinos poderão triangular sua posição sem problemas, mesmo que estes estejam há alguns quilômetros abaixo da superfície. Os primeiros testes estão programados para 2018 e, assim como ocorreu com o GPS, somente serviços governamentais e militares dos Estados Unidos terão acesso à tecnologia.

Cupons de desconto TecMundo: