(Fonte da imagem: Divulgação/Oppo (Twitter))

Fabricado pela Oppo, um dos primeiros smartphones a chegar ao mercado com o popular Cyanogen Mod instalado de fábrica deve chegar às prateleiras no dia 24 de dezembro deste ano. Apesar de o software ser em sua base uma maneira de “desviar” das restrições impostas pelo Android, o Oppo N1 CyanogenMod já conta com a benção da Google, que o certificou no processo CTS — ou seja, o gadget será capaz de baixar e instalar aplicativos através da loja Google Play.

Essa é a primeira vez que a empresa de Mountain View certifica qualquer tipo de uso do CyanogenMod em um aparelho, o que abre um precedente interessante para a indústria. Segundo os responsáveis pelo projeto, essa simples autorização de uso custou a eles “várias noites de sono” para ser conquistada.

Especificações técnicas

  • Sistema operacional CyanogenMod 10.2
  • Display de 5,9 polegadas com resolução 1920x1080 pixels
  • Processador Snapdragon 600 de 1,7 GHz
  • 2 GB de memória RAM
  • Câmera com sensor de 13 megapixels que pode ser rodada em 180 graus

Embora a Oppo tenha confirmado que o smartphone deve chegar às lojas já na semana que vem, até o momento não há informações concretas quanto ao preço cobrado pelo produto. A expectativa é que o modelo básico do produto seja vendido por aproximadamente US$ 599, o que garante tanto a instalação do software modificado quanto a independência de qualquer operadora.

Cupons de desconto TecMundo: