As coisas não andam muito fáceis para o pessoal da Cyanogen Inc., que cresceu com o sucesso inicial do sistema operacional móvel CyanogenMod, uma versão customizada e de código aberto do Android. Informações de bastidores indicam que a empresa deve fechar as portas do escritório de Seattle até o final do ano.

A Cyanogen Inc. ganhou um tremendo impulso quando o celular OnePlus One foi bem-sucedido em 2013 e ofereceu uma alternativa de sistema operacional fora dos grandes conglomerados. À época, o então CEO Kirt McMaster chegou a dizer que seu grupo “enfiaria uma bala na cabeça da Google”.

Exageros à parte, o plano não vingou porque a Cyanogen Inc. rompeu com os fabricantes chineses em 2014 e foi sumindo gradativamente dos dispositivos e do interesse do público. Desde então, ela vem passando por reformulações e até mesmo o cofundador e criador do CyanogenMod, Steve Kondik, deve estar de saída.

Antes avaliada em US$ 1 bilhão, a companhia chegou a atrair investidores de peso, como a Microsoft e a Qualcomm. Agora, com as portas de Seattle fechando, o grupo deve manter o escritório em Palo Alto, mas ainda não está claro como atuará no mercado no futuro próximo.

Cupons de desconto TecMundo: