Quando o assunto é “quebra de senhas”, logo se pensa em contas de email ou códigos bancários, mas a origem do termo é muito mais antiga: vem dos tempos dos cofres e cadeados com segredos. Unindo o novo e o antigo, estudantes da Universidade Franklin W. Olin de Engenharia (Estados Unidos) criaram um robô capaz de decifrar segredos de cadeados da marca Master Lock (uma das mais tradicionais do mundo).

O tempo levado pelo robô The LockCracker para quebrar os códigos varia de acordo com a quantidade de valores que o usuário já identificou. Por exemplo, caso saiba apenas o primeiro valor, o tempo levado para quebrar os outros dois será um; caso saiba dois dos valores, o tempo será menor; por consequência, caso não saiba nenhum valor, o tempo será muito maior.

Funcionando em conjunto com um software, o The LockCracker de Olin oferece vários links de entretenimento para os usuários, enquanto são obrigados a aguardar os códigos serem quebrados. Os desenvolvedores afirmam que o produto deve ser utilizado por proprietários de travas Master Lock que sempre perdem suas senhas, e não para atividades ilícitas.

Eles também afirmam que, caso seja lançado comercialmente, o dispositivo mecatrônico precisa ser reformulado para ser mais portátil e discreto. Ou seja, o design deveria ser remodelado para que os cabos e engrenagens não fiquem expostos da maneira que acontece com este protótipo.

Cupons de desconto TecMundo: