Inspirados em plantas carnívoras, os designers James Auger e Jimmy Loizeau criaram um protótipo que promete dividir opiniões. Trata-se de um relógio de parede que não utiliza energia elétrica oriunda de pilhas ou painéis solares, mas de moscas. Isso mesmo, o relógio utiliza energia orgânica de moscas para criar energia elétrica, sendo um verdadeiro gadget carnívoro.

Ele funciona da seguinte maneira: uma folha de armadilha para moscas fica exposta no local em que o relógio está, atraindo as moscas para perto e fazendo com que elas fiquem presas. A folha continua girando e leva os insetos até outra parte do aparelho, onde elas serão mortas em uma substância preparada para isso.

Relógio que se alimenta de moscas

Fonte da imagem: InventorSpot

As moscas são transformadas de matéria orgânica para energia elétrica devido ao sistema criado para o relógio. São necessárias cerca de oito delas para alimentar o relógio por um período do 12 dias. Os criadores agora esperam por incentivos financeiros para continuar com o projeto.

Cupons de desconto TecMundo: