Há estudos que dizem que a radiação dos telefones celulares é responsável pelo surgimento de tumores cerebrais e outros que negam essa afirmação. Também há estudos que dizem que essa radiação causa diminuição na produção de espermatozoides — e também na mobilidade deles —, apesar de isso estar bem longe de ser um consenso na comunidade científica.

Se você acredita nessa hipótese, você deve imaginar que não é recomendada a proximidade dos celulares que ficam nos bolsos das calças com os sistemas de reprodução. E se você acredita, você vai adorar saber que existem projetos que visam impedir a influência da radiação dos celulares no corpo humano. É o caso das cuecas Wireless Armour, que agora estão em financiamento no Indiegogo.

Trata-se de um projeto que visa bloquear 99,99% das frequências de smartphones e redes sem fio para que os sistemas de reprodução humana continuem completamente estáveis. Segundo os desenvolvedores, é por meio da utilização de placas de prata que as cuecas Wireless Armour conseguem transformar a região pubiana em uma verdadeira gaiola de Faraday, sem permeabilidade de sinais de radiofrequência.

A meta dos responsáveis pelo projeto é de levantar £ 30 mil (libras esterlinas) até o dia 28 de maio, sendo que até o fechamento desta notícia já haviam sido arrecadados pouco mais de £ 5,5 mil. Será que as cuecas Wireless Armour vão conseguir o financiamento necessário para que os consumidores possam proteger seus espermatozoides de frequências de rádio em breve?

Cupons de desconto TecMundo: