(Fonte da imagem: Reprodução/Pew Research Center)

Você já deve ter ouvido falar em “Sexting” — uma prática muito comum entre os usuários de internet e outros meios de comunicação que consiste na troca de mensagens com conteúdos eróticos. Com a crescente popularização dos smartphones, ficou fácil também que houvesse o aumento da circulação desse tipo de mensagens entre os usuários. E um estudo do Pew Research Center mostra exatamente isso.

Um relatório publicado pelo instituto norte-americano revela que está cada dia mais comum a transferência de arquivos de imagens e vídeos íntimos na internet — seja por WhatsApp, por Facebook ou qualquer outro aplicativo que permita a transferência de mídias. E o que assusta os pesquisadores é o fato de que, pela primeira vez, jovens entre 18 e 24 anos estão trocando mais “sextings” do que pessoas de 25 a 34 anos.

Entre os jovens de 18 a 24 anos, 44% deles já receberam alguma mensagem desse tipo, enquanto 15% dos entrevistados pelo Pew Research Center afirmaram já ter enviado mensagens e 6% assumiu que já realizou encaminhamentos dos conteúdos. Na faixa etária que vai de 25 a 34 anos os números são: 34%, 22% e 5%, respectivamente.

O estudo também chegou à conclusão de que, em 2013, 20% de todos os usuários de celulares já receberam conteúdos com nudez ou relacionados à nudez. Esse número é superior ao visto em 2012, quando 15% dos usuários afirmavam o mesmo. Você já recebeu algo desse tipo? E já enviou também?

Cupons de desconto TecMundo: