O Bitcoin não é a única moeda virtual existente no mundo, sendo que alguns outros meios de pagamento para a troca de produtos e serviços digitais vêm sendo criados nos últimos anos. Um exemplo bem interessante é o Coinye, que funciona como uma criptomoeda e está nos holofotes da imprensa internacional, desde que os advogados do rapper Kanye West exigiram a alteração algumas atitudes dos responsáveis por ela.

O motivo para isso seria a primeira logo da moeda, que era inspirada no rosto do cantor — além do nome Coinye ser uma alusão a Kanye. Segundo os advogados que enviaram uma carta “Cease and desist” (processo em que se exige o abandono de alguma atividade), a logo original do Coinye seria uma referência ao cantor Kanye West e poderia implicar em um produto falsamente licenciado, além de infringir direitos autorais.

Rapidamente, os desenvolvedores do Coinye enviaram uma resposta aos advogados, mostrando que a imagem havia sido trocada pelo que eles chamam de “híbrido meio-homem-meio-peixe utilizando óculos de sol”, mencionando também que isso está “totalmente separado de qualquer alusão” ao cantor norte-americano.

No texto também há uma carta “cease and desist” do Coinye para os advogados de Kanye West. Os responsáveis pela moeda pedem para que West não utilize qualquer marca, frase ou produto que contenha ou faça alusão à palavra “Coinye”, lembrando que isso também seria infração contra a propriedade intelectual.

Cupons de desconto TecMundo: