(Fonte da imagem: Reprodução/Wikimedia Commons)

Apesar de o poder de lançar teias e se balançar entre prédios seja muito interessante, outra habilidade do Homem-Aranha está na velocidade com que ele desvia de objetos e ameaças. Mas isso só acontece porque ele possui o “Sentido Aranha”, que o faz perceber a proximidade de inimigos e obstáculos mesmo sem precisar olhar para eles. Os humanos normais não tinham essa ajuda, mas podem passar a contar com ela no futuro.

Um estudante de Ciências da Computação da Universidade de Illinois (Estados Unidos) desenvolveu um projeto que promete atribuir algo muito similar ao "Sentido Aranha" às pessoas. Trata-se de um traje especial equipado com pequenos braços robóticos e microfones. Estes microfones enviam sinais ultrassônicos e identificam as alterações que põem acontecer nas recepções — sabendo, assim, se há algo ou alguém se aproximando.

Identificando ameaças

Sempre que algo é identificado, uma pequena pressão é aplicada no braço robótico, fazendo com que a pessoa que está vestindo o traje consiga identificar exatamente de onde estão surgindo os possíveis ataques. Para garantir uma melhor percepção no sistema, são utilizados sete módulos (compostos por partes robóticas e microfones) garantindo quase 360 graus de recepção.

Segundo o desenvolvedor do projeto, em 95% das situações analisadas até o momento, o portador do traje conseguiu identificar quando alguém estava se aproximando, mesmo que estivesse com os olhos fechados. Uma das aplicações comerciais sugeridas pelo estudante é a criação de trajes para ciclistas, que poderiam identificar ameaças no trânsito e desviar delas com mais facilidade e segurança.

Ainda não há qualquer informação sobre possíveis empresas que estariam interessadas em investir no projeto do futuro cientista da computação. Será que no futuro veremos pessoas utilizando esse tipo de traje para combater o crime ou é melhor deixar isso para os super-heróis dos quadrinhos?

Cupons de desconto TecMundo: