Rolhas prontas para a comercialização (Fonte da imagem: Wineanorak)

Rolhas de cortiça são objetos muito comuns no nosso dia a dia, encontradas normalmente em garrafas de vinho. Mas você já parou para se perguntar como é o processo de produção de um desses itens? Pode-se dizer que tudo começa na floresta, com a seleção e a coleta nas árvores produtoras de cortiça (tradução livre para “Cork oaks”).

Esse tipo de árvore é muito comum em Portugal (com 50% da produção mundial), na Itália, na França e na Espanha e possui uma casca avermelhada grossa, bem característica. Elas podem crescer até 20 metros de altura em ambiente natural, embora não costumem ficar tão altas na prática, e vivem entre 150 a 250 anos.

árvore de cortiçaUma árvore produtora de cortiça (Fonte da imagem: Wineanorak)

Uma vez atingida a idade adulta, a árvore produtora de cortiça pode ser “colhida” a cada nove anos, em um processo que retira apenas a casca e não causa qualquer tipo de dano a ela. Cada vez que uma dessas árvores passa pelo processo de colheita, ela é marcada, para evitar que ocorra outro procedimento prematuramente.

As cascas de cortiça retiradas das árvores são estocadas em um chão de concreto ou um material do tipo, para evitar a contaminação. Então, a madeira sofre a primeira etapa da sua transformação: um processo de cozimento, para que as placas sejam amolecidas, além de essa ser uma maneira de limpá-las.

Fervura das placasProcesso de fervura das placas (Fonte da imagem: Wineanorak)

Para evitar qualquer tipo de contaminação, a água utilizada é filtrada e trocada regularmente, além de haver a retirada de detritos. Uma vez passadas por esse processo de fervura, as placas ficam mais planas, facilitando o manuseio. Em seguida, elas são niveladas e cortadas na medida certa para começar o trabalho.

A fase de corte requer muita habilidade para evitar desperdício ou a escolha de material ruim para rolhas de “alta qualidade”, por exemplo. Uma parte do material vira as “rolhas naturais”, que são aquelas retiradas por completo de um pedaço de madeira. Outras viram “rolhas técnicas”, feitas a partir da junção de vários recortes (que sobraram do primeiro processo).

Separação das rolhas (Fonte da imagem: Wineanorak)

Então, as rolhas são colocadas em esteiras e escolhidas manualmente (a olho nu), em busca dos modelos perfeitos. Uma vez concluído esse processo, elas já estão prontas para a venda e o custo é de aproximadamente 1 euro por unidade.

Fonte: Wineanorak

Cupons de desconto TecMundo: