Na última semana, o Google fez uma homenagem ao centenário de Alan Turing, considerado o pai da computação. No entanto, a empresa não foi a única a comemorar o aniversário de 100 anos do matemático responsável pela informática como a conhecemos hoje.

Um dos principais feitos de Turing foi criar um algoritmo capaz de fazer com que o computador jogue xadrez da mesma forma que uma pessoa de verdade. E, para mostrar a importância do feito, um evento decidiu colocar esse cálculo para jogar contra Garry Kasparov, um dos maiores jogadores do mundo.

O resultado pode ser visto no vídeo acima. Pela sua duração, já é possível perceber que a máquina não consegue ser um oponente à altura de Kasparov. Contudo, a velocidade da vitória não desmerece o feito de Turing. O desenvolvimento do algoritmo aconteceu há 60 anos e sem a utilização de um computador para realizar testes — ou seja, uma proeza e tanto.

Para isso, o matemático usou sua própria experiência para imaginar possíveis jogadas e criou uma fórmula que previa sempre dois lances à frente daquele que estava sendo dado em questão. Contudo, seu rival humano vai muito além e é capaz de prever 10 jogadas adiante.

Fonte: The Register

Cupons de desconto TecMundo: