(Fonte da imagem: Reprodução/Wikimedia Commons)

Quando bombeiros vão combater incêndios de grandes proporções, eles raramente – somente em situações extremamente especiais – se arriscam a enfrentar o fogo com seus uniformes tradicionais. Para que consigam desempenhar suas funções, utilizam trajes à prova de chamas, que são compostos por várias camadas de materiais especialmente selecionados para isso.

Segundo o How it Works Daily, os trajes norte-americanos – que são alguns dos mais seguros do mundo – são compostos por três camadas. A primeira delas é uma couraça externa composta por metal fundido, a segunda é uma barreira de umidade e, por fim, vem a camada térmica.

Os metais fundidos para a criação da camada externa podem, inclusive, ser variações do Kevlar (mas mais resistentes ao calor). A barreira de umidade garante que nenhum químico ou líquido entre em contato com a pele dos combatentes. Por fim, a camada térmica é feita de fibras baseadas em Kevlar e é capaz de absorver até 75% do calor.

Com todas essas camadas, os trajes de combate a incêndios podem ser responsáveis pela proteção dos bombeiros em temperaturas que chegam próximas aos 800 graus célsius. Somente assim o trabalho deles torna-se possível.

Fonte: How it Works Daily

Cupons de desconto TecMundo: