(Fonte da imagem: Reprodução/Google)

Na última quinta-feira (14), o impensável aconteceu: o Google, maior sistema de buscas do mundo, ficou fora do ar durante dez minutos — uma verdadeira eternidade no mundo online. A empresa não esclareceu os motivos para a queda, que em nada prejudicou sua imagem perante o público, mas que pode ter custado uma boa quantia aos seus cofres.

Baseado nos dados financeiros divulgados pela companhia, Adam Thompson, do site RYP, fez os cálculos do prejuízo que esse tempo fora do ar pode ter custado. Embora ele admita que os resultados obtidos são baseados somente em estimativas, os números revelados são  bastante curiosos.

Em 2011, a Google lucrou US$ 38 bilhões que, se divididos pelos 525.600 minutos que constituem um ano, resultariam em US$ 72.380,95 a cada minuto. Caso os ganhos da empresa fossem iguais em todos os momentos de sua existência, os 10 minutos fora do ar poderiam ter custado a seus cofres nada menos que US$ 725 mil, uma verdadeira fortuna para muitas pessoas.

Embora o valor calculado provavelmente esteja errado, ele serve para colocar em perspectiva o potencial lucrativo do sistema de buscas. É graças a esse dinheiro que a empresa tem a liberdade de investir em projetos ousados, sendo o último deles o ainda misterioso ProjectGlass.

Fonte: RYP

Cupons de desconto TecMundo: