Quando compramos um smartphone, não pensamos somente no modernidade de um aparelho desses, mas também em todos os benefícios que ele é capaz de trazer. São aplicativos que podem nos ajudar no dia a dia, além de jogos dos mais variados tipos e acesso à internet sempre à mão.

E se há muita coisa bacana, existe também uma quantidade sem fim de programas estranhos, esquisitos e praticamente sem propósito algum. São aplicativos que, em muitos casos, fazem a gente se perguntar: “o que esse desenvolvedor estava pensando?”.

Conheça agora uma relação de softwares desenvolvidos para iOS e Android que nunca deveriam ter sequer sido cogitados!

iOS

iTan!

Aquelas camas de bronzeamento foram proibidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) por serem consideradas cancerígenas, mas isso não significa que você precisa ficar sem manter o bronzeado conquistado em dias quentes de verão.

Essa é a proposta do iTan!, um aplicativo para iPhone que simula as sessões e luzes oferecidas pelos aparelhos de bronzeamento artificial. Obviamente trata-se somente de um brinquedo e o programa não traz resultado algum.

Hold On!

O Hold On! é descrito no próprio Baixaki como “o maior teste de paciência da história da humanidade”, mas poderíamos nos referir a ele como o joguinho mais chato desde o surgimento dos aparelhos móveis.

O game consiste em um pequeno botão que deve ser apertado pelo maior intervalo de tempo que você conseguir. Quanta animação, não é mesmo?

iNap@Work

Que tal poder dormir sossegado no trabalho sem que o seu chefe perceba o cochilo? A ideia do iNap@Work é ajudá-lo nessa missão, cobrindo os seus roncos com os barulhos comuns de um escritório.

O programa permite que você configure a frequência dos sons, elaborando uma combinação entre os efeitos de teclados, grampeadores e cliques. Vamos ser realistas: qual chefe cairia nessa?

I Am Rich e I Am Rich LE

Quando você pensa que os aplicativos inúteis têm pelo menos a vantagem de serem praticamente todos gratuitos (ou pelo menos baratinhos), eis que surge o “I Am Rich”. O aplicativo é composto por nada além de uma pedra preciosa na tela, além de uma mensagem lhe dando parabéns por ser rico.

O programa, no entanto, durou pouco na loja virtual da Apple (que o retirou sem nenhum motivo aparente). Mesmo assim, em seu pouco tempo de comercialização, cerca de oito pessoas o compraram – e pagaram 999,99 dólares por ele.

Pensa que a história para por aí? Pois saiba que o desenvolvedor da aplicação, Armin Heinrich, não se deu por vencido e criou um novo programa: o “I Am Rich LE”. Este custa um pouco menos, 9,99 dólares, e traz algumas funções, como uma calculadora para você contabilizar a sua fortuna ou o “famoso mantra, mas sem erros de ortografia".

Passion

Falando em pagar para ter um programa de usabilidade discutível, que tal deixar que o seu iPhone julgue o quão bom você é na cama? E não, não estamos falando de dormir! O Passion, segundo os seus desenvolvedores, foi criado para acompanhar como é o seu desempenho amoroso entre quatro paredes.

O programa funciona com base nos sensores de movimento do aparelho, que são capazes de identificar qualquer agitação na cama. Além disso, o tempo também pode ser determinante para o resultado final da empreitada. O preço para poder ter esse veredito? noventa e nove centavos de dólar.

Android

Toothbrush Pacer

Você tem escovado os dentes da maneira correta? Pois caso você não curta a tarefa, e precise de alguém para acompanhá-lo, há vários programas no Google Play que se preocupam em como você anda cuidando da higiene dental.

O Toothbrush Pacer, por exemplo, traz algumas funções, como som ambiente (com efeitos de dentes sendo escovados), instruções de tempo de limpeza e um passo a passo para quem não lembra como deve fazer para cuidar dos dentes – tudo em uma interface muito pouco atraente.

Cat Thing

Talvez nem o maior fã dos felinos goste desse aplicativo. Cat Thing é um programa composto por apenas um botão que, quando pressionado, traz barulhos variados de gatos, como miados sempre cheios de lamentação.

Perfect Circle

Você já percebeu como é difícil desenhar uma circunferência perfeita? Curtis Nelson, desenvolvedor do Perfect Circle, sim, e criou um jogo no qual o objetivo principal é conseguir fazer um círculo o mais bem feito que você puder – tudo na tela do seu gadget.

O jogo, que traz até um esquema de pontuação, pode ser bem desafiador, pelo menos por um minuto ou dois. Talvez seja mais fácil treinar esse tipo de desenho em um papel ou em qualquer outro editor de imagens que você já tenha instalado, não é mesmo?

Hello My Name Is

É muito frustrante andar na rua e ninguém saber o seu nome. Pior ainda é quanto estamos em um congresso ou feira e é preciso utilizar um daqueles adesivos terríveis com a sua identificação ou, ainda mais triste, um crachá que não combina em nada com a sua roupa.

Dessa forma, para não passar despercebido, uma boa alternativa é buscar algo, vamos dizer assim, mais tecnológico, como o Hello My Name Is, por exemplo. O programa trabalha com uma única função: ilustrar o seu nome na tela do seu aparelho Android.

World’s most useless app

Para fechar esta lista, nada como um programa cujo nome é Worlds most useless app ou, em português, Aplicativo mais inútil do mundo. E como isso já explica o que temos pela frente, não há muito que acrescentar.

O software é construído por apenas um botão que você não terá a chance de apertar. Isso mesmo, ele é automaticamente pressionado por um dedo virtual, que fecha o próprio aplicativo antes que você perceba. Você consegue pensar em algo mais inútil do que isso?

.....

E aí, faltou algum programa? Você curtiu de verdade algum desses e acha que não deveria estar na lista? Não deixe de participar!

Além disso, caso você tenha ficado curioso em conferir algum dos “excelentes” programas apresentados no artigo, não se assuste caso não consiga encontrar algum para baixar, afinal de contas, para nossa tristeza (ou alegria!) nem todos estão disponíveis para download no mercado brasileiro.

Cupons de desconto TecMundo: