(Fonte da imagem: Reprodução/HiRISE)

Um experimento realizado pela Universidade do Arizona conseguiu registrar imagens em alta definição de uma nuvem de poeira com altura superior a 19 quilômetros na superfície de Marte. O tamanho exato do fenômeno foi medido a partir do ângulo e intensidade da sombra que ele projetava enquanto se movia.

Embora nuvens de areia sejam fenômenos comuns na Terra, especialmente em regiões desérticas, nenhum evento do tipo ocorre em proporções tão grandes em nosso planeta. Até mesmo tornados, cujas características são muito mais violentas e intensas, atingem uma altura média de 16 quilômetros. Caso Marte possua água o bastante para gerar um evento do tipo, dá medo só de pensar nas dimensões que ele poderia atingir.

A boa notícia é que, apesar do grande tamanho da nuvem de poeira marciana, ela não seria muito perigosa para astronautas humanos devido à baixa densidade da atmosfera do planeta — como não há muito ar para deslocar, o fenômeno provavelmente não teria sequer a força necessária para derrubar uma pessoa.

Cupons de desconto TecMundo: