Você deve ter visto aqui mesmo no Tecmundo que alguns dias atrás falamos de Felix Baumgartner, um austríaco doido que pretende fazer um salto em queda livre de 36,5 km de altura. Mas quais são as outras acrobacias mais radicais que já foram feitas na história?

Abaixo, vamos listar algumas das pessoas que desafiaram limites e se arriscaram em busca de emoção e... Por que não? Fama, também.

Joseph Kittinger

Joseph é a grande inspiração para o salto de Felix e o atual recordista mundial. Em 1960, ele saltou de um balão meteorológico para uma queda livre de 31 km de altura. Como não possuía o material de proteção adequado, a mão de Joseph inchou muito ao entrar em contato com o espaço. Felizmente, ela voltou ao tamanho normal após o pouso.

William Trubridge

Mas se em vez de ir para cima você sempre quis ir para baixo e mergulhar, vai gostar do feito de William Trubridge. Ele que é o melhor mergulhador livre da terra (ou seja, sem usar aparelhos de oxigênio) e recentemente alcançou a marca de 101 metros de profundidade — sem o auxilio de oxigênio externo. Resumindo, com uma única respiração, ele foi capaz de ficar vários minutos embaixo da água.

Philippe Petit

Talvez esse seja o ato mais louco de toda a lista e, portanto, não é à toa que se tornou um documentário vencedor de Oscar. O francês Philippe Petit foi responsável por ligar (ilegalmente) um cabo entre as duas torres do World Trade Center e então caminhar entre os prédios durante um intervalo de 45 minutos. Como era de se esperar, ele foi preso após o show, porém as acusações foram retiradas em troca de outra apresentação no Central Park.

Felicity Aston

Claro que as mulheres também precisavam estar representadas nesta lista, e nada mais justo do que trazer Felicity Aston para participar. Ela foi a primeira mulher a completar um percurso solitário atravessando toda a Antártica. O desafio durou 59 dias, durante os quais ela percorreu uma distância de 1.700 km. O vídeo acima demonstra o momento que ela chegou ao fim da campanha.

Robbie Maddison e Travis Pastrana

Os dois, patrocinados pela Red Bull, marcaram história nos eventos de final de ano da empresa. Como de costume, a companhia procurou quebrar recordes de salto durante a virada do ano, e os feitos de ambos foram realmente marcantes.

No fim de 2009, o piloto de Rally Travis Pastrana superou em mais de 30 metros ao saltar por uma distância de 82 metros a bordo do seu Subaru Impreza STI. Isso é pouco para uma das pessoas que possui feitos marcantes, como ter sido o primeiro a fazer um duplo mortal de costas em uma moto, além de ter pulado de um avião sem o uso de paraquedas.

Robbie Maddison também é uma figura conhecida no mundo do impossível. Ele, que no fim de 2008 pulou sobre a réplica do Arco do Triunfo existente em Las Vegas e depois voltou ao chão, agora acabou de alcançar um novo recorde: o de maior salto com uma motocicleta.