(Fonte da imagem: Reprodução/Wikimedia Commons)

Quantos cachorros-quentes você consegue comer de uma só vez? Dois, três, nove? Pois há pessoas que chegam às incríveis marcas das dezenas. São os especialistas em comilanças exageradas, também conhecidos como “comedores profissionais”. Mas como é possível que eles comam tanto sem passarem mal ou se sentirem estufados?

A PopSci conversou com Marc Levine (chefe do setor de radiologia gastrointestinal do Hospital da Universidade da Pensilvânia) para entender melhor o assunto. O pesquisador recrutou dois homens – um considerado normal e um competidor profissional de torneios de hot-dogs – e utilizou uma técnica de fluoroscopia, que funciona como um raio X em tempo real.

Ele percebeu que o estômago do homem comum tem pouca elasticidade, chegando a um ponto máximo de expansão rapidamente – após sete sanduíches. Já o estômago do profissional conseguiu abrigar 36 cachorros-quentes, pois se expande rapidamente e começa a ocupar espaços na parte superior do abdômen.

Levine disse que pode notar também que quase não existem movimentos peristálticos no estômago do competidor. Mesmo com todas essas informações, o cientista ainda não sabe dizer o que faz uma pessoa ter o estômago com tamanha elasticidade.

Cupons de desconto TecMundo: