Sentindo-se sozinho, carente e com vontade de amar e ser amado? Então saiba que a internet pode não ser a solução ideal para os seus problemas. Esqueça aqueles sites que prometem revelar quem é sua cara-metade ou que querem levá-lo a crer que você pode perfilar seus gostos para encontrar alguém que se encaixe naquela mesma proposta. Cientificamente, é tudo “balela”.

Uma pesquisa realizada pela Northwestern University comprovou aquilo que todo mundo imaginava: é impossível um computador dizer quem é a mulher ou o homem de sua vida. De acordo com Eli Finkel, um dos chefes do estudo, não há como um simples algoritmo ser tão preciso em algo que depende de tantas variáveis.

Segundo ele, por mais que esses códigos consigam encontrar alguém com gostos semelhantes em sua cidade, isso não significa que vocês irão se dar bem ou se apaixonar. Para Finkel, um relacionamento também envolve questões tão particulares que é impossível colocá-las em um cálculo, como afinidade, comportamento e até mesmo a forma com alguém reage a determinada situação.

Por outro lado, o pesquisador não nega a importância desses serviços de relacionamento. Apesar de não serem confiáveis no que diz respeito a trazer a pessoa amada em sete dias, esse tipo de site permite que pessoas possam se conhecer — mesmo aquelas que nunca se encontrariam em outras circunstâncias — e, quem sabe, dar início a algum tipo de sentimento.

Cupons de desconto TecMundo: