Os jardins Zen japoneses acabam de receber um componente tecnológico para funcionarem de forma autônoma. Trata-se do projeto de Simon Hallam, que desenvolveu um invento capaz de fazer com que diversas formas sejam criadas sozinhas nas areias relaxantes.

Hallam adicionou componentes robóticos e eletrônicos para criar a Zen Table, uma mesa com tampa de vidro, luzes led e areia. Com a tecnologia criada por ele, padrões geométricos e imagens são feitas por esferas microscópicas de silicone dentro da mesa. Além dos desenhos programados, o produto conta com um modem 3G que recebe atualizações de novas formas via internet.

O efeito é fascinante e mágico, além de ser muito relaxante. O projeto foi publicado no site KickStarter com o objetivo de angariar fundos para viabilizar a comercialização de sua ideia. Segundo Hallam, o protótipo já está pronto, e ele está preparado para transformar a invenção em um negócio, embora alguns ajustes ainda precisem ser feitos.

Comercialização

Se obtiver sucesso na captação dos recursos, o produto será lançado em dois modelos: Coffee Table, do tamanho e formato de uma mesa de centro retangular; e Desktop, do tamanho de um monitor de 13 polegadas.

Hallam espera vender o produto para hotéis, salas de conferência, salas de espera de consultórios médicos, restaurantes, bares, parques temáticos e resorts. Segundo ele, a tecnologia pode ser adicionada praticamente em objetos de qualquer tamanho.

Mas a Zen Table corre sério risco de ficar apenas como um protótipo. Hallam precisa de 25 mil dólares para ter seu projeto financiado no site, dinheiro esse que deve ser levantado até a data de hoje (3 de fevereiro). Até o momento, o total arrecadado por Hallam é de apenas 13 mil dólares.

Cupons de desconto TecMundo: