Se você está pensando em roubar alguns hambúrgueres, saiba que na Austrália essa não será uma tarefa fácil. Aparentemente, a onda de roubos em lojas do McDonald’s está crescendo por lá e a empresa resolveu adotar medidas inéditas para identificar os bandidos.

Agora, os restaurantes da franquia estão testando sprays de DNA sobre as portas. Embora seja uma tecnologia não invasiva, ela promete ser muito funcional. Isso porque o sistema espirra sobre o ladrão um jato de DNA invisível a olho nu, mas que fica preso às roupas e à pessoa por até duas semanas. Dessa forma, policiais podem escanear os suspeitos utilizando luz ultravioleta mesmo dias depois do assalto.

Além disso, cada spray possui uma sequência de DNA única, garantindo que as manchas encontradas pertençam ao sistema de segurança de alguma determinada loja. Aliás, há ainda mais más notícias para os ladrões: o DNA não irá sair da pele mesmo depois de diversos banhos.

A tecnologia, que não é tóxica nem provoca alergias, foi criada em 2008 e já está em uso em algumas joalherias ao redor do mundo, além de bancos na Europa e Nova Zelândia. Contudo, ainda não há relatos de prisões feitas por causa do spray.

Cupons de desconto TecMundo: