Você já parou para pensar como são construídos os maiores arranha-céus do mundo? Certamente não é da mesma maneira que casas e sobrados de dois andares, pois para atingir as alturas enormes são necessários projetos muito mais complexos. Afinal de contas, são mais de 200 metros de escritórios e apartamentos – e alguns que passam dos 400, facilmente.

(Fonte da imagem: Reprodução/Wikimedia Commons)

Um dos itens mais importantes que devem ser analisados na construção de prédios é a sustentação deles. Seria impossível construir uma estrutura com mais de 200 metros de altura se não fossem as fundações (construções que ficam abaixo da terra para dar resistência), que garantem a segurança das instalações.

As camadas dos arranha-céus

Confira agora quais são as principais partes que devem ser pensadas pelos engenheiros na hora de realizar a construção de prédios seguros.

Escavações em rocha-matriz

Quando o arranha-céu vai ser muito grande, é necessário que as escavações sejam feitas em rocha sólida, abaixo da terra superficial. Depois de aberto o solo, os construtores precisam inserir estruturas de ferro que serão responsáveis pela sustentação dos vergalhões. Junto com a estrutura de ferro, torna-se necessária a aplicação de concreto, que será utilizado para fixar os vergalhões.

Colunas e gradeados

Criadas em ferro de alta resistência, colunas e gradeados são as estruturas-chave para garantir que os prédios poderão ser realmente altos. Sem elas (ou seja, se fossem utilizados apenas tijolos), a construção dos arranha-céus estaria fadada ao desmoronamento. Comparando com o corpo humano, pode-se dizer que eles são os ossos – e sem eles o corpo seria uma massa mole.

(Fonte da imagem: Reprodução/Wikimedia Commons)

Primeiros andares

Apesar de os prédios serem construídos com muitos andares, é nos primeiros que ficam os principais recursos das construções. Isso inclui academias, áreas recreativas, centrais de segurança e depósitos de materiais, por exemplo. Há também construções em que as casas de máquinas (responsáveis pela movimentação dos elevadores) ficam nestes andares.

Estrutura externa

Esta parte dos arranha-céus depende muito do tipo de prédio que está sendo construído. Para fins comerciais, é muito comum que toda a estrutura externa seja construída com vidro, mas prédios residenciais geralmente exigem paredes de tijolos ou outro material similar.

A escolha dos materiais

Desde que os primeiros prédios foram construídos, muita coisa mudou. Os materiais utilizados ganharam mais resistência e permitiram que o ser humano fosse muito mais alto com suas construções. Há dois elementos principais nessa história: concreto e ferro, os dois presentes desde o início, mas sendo modificados para oferecer melhores resultados.

Enquanto no final do século XIX o que garantia o avanço da tecnologia era a produção em massa do ferro utilizado, na metade do século XX o grande responsável pelo crescimento dos prédios foi a utilização de materiais tubulares.

A importância dos elevadores

É preciso admitir que por mais que subir escadas faça bem à saúde, andares muito altos não foram criados para serem alcançados sem elevadores. Há quem diga que só existem arranha-céus porque existem os elevadores (caso contrário, não haveria investimento suficiente para que as construções prosseguissem).

(Fonte da imagem: Reprodução/Wikimedia Commons)

Atualmente, além de oferecem bastante comodidade e rapidez no acesso aos andares mais elevados, eles também são muito mais seguros do que já foram anteriormente. Em caso de rompimento de cabos de aço, é bem difícil que os elevadores mais modernos despenquem, causando a morte de quem está dentro deles.

Com mecanismos de segurança avançados, os elevadores podem ter a velocidade reduzida por contrapesos. Eles também podem ser paralisados para evitar qualquer dano às pessoas. Os sistemas que controlam estes mecanismos ficam na casa de máquinas, que pode ficar na parte superior (mais comum) ou inferior do prédio (desde que conte com uma casa de polias anexa).

.....

Você imaginava que os métodos eram tão complexos? E no futuro isso deve ser ainda mais complicado, pois com a chegada de novos materiais mais leves e resistentes é possível que em algumas décadas os prédios consigam chegar a alturas ainda maiores. 

Cupons de desconto TecMundo: