Um cidadão canadense conseguiu entrar legalmente nos Estados Unidos utilizando apenas um iPad. Sem passaporte, Martin Reisch saiu da cidade de Quebec e desembarcou nos Estados Unidos com o propósito de entregar presentes de Natal para os filhos de alguns dos seus amigos.

Apesar de não possuir o documento em mãos, por uma razão que ele não explicou, Reisch tinha uma cópia em imagem disponível no seu tablet, um iPad 2. Depois de ter a entrada proibida, Reisch decidiu apresentar a imagem salva no portátil e, para a sua surpresa, as autoridades responsáveis permitiram a entrada.

O caso trouxe à tona a possibilidade futura de utilização de documentos eletrônicos em substituição às versões impressas. A US Customs and Border Protection, órgão do país que regula a entrada de estrangeiros em território norte-americano, não se pronunciou sobre o assunto.

Atualização: A US Customs and Border Protection se manifestou na tarde de ontem (04) sobre o assunto. Segundo o órgão, Martin Reisch, de fato, não estava com o passaporte em mãos, porém possuia a certidão de nascimento e a carteira de motorista. Pelo acordo existente entre os EUA e o Canadá, os documentos apresentados são suficientes para um cidadão canadense entrar em território norte-americano.

Cupons de desconto TecMundo: