Túnel tinha até elevador de carga (Fonte da imagem: Reuters)

Na fronteira do México com os Estados Unidos, a guerra contra o tráfico é ferrenha e os cartéis mexicanos encontraram uma maneira diferente de cruzar a fronteira: por baixo da terra.

A prática de cavar túneis cruzando de um país ao outro já se tornou comum no local e as autoridades americanas afirmam que mais de 100 já foram desmantelados em operações de fiscalização. Mas o que vem espantando mesmo a polícia dos Estados Unidos são as construções superelaboradas descobertas nos últimos anos.

Alguns túneis – projetados por engenheiros e arquitetos que resolveram trabalhar para um público diferente, vamos dizer assim – além de contarem com quilômetros de comprimento, trazem também avanços tecnológicos.

Entre as últimas descobertas, estão túneis com elevadores de carga e portas de aço mecânicas totalmente eletrônicas. Já um dos túneis do cartel conhecido como Sinaloa foi construído com equipamento pesado e específico para este tipo de escavação.

Avaliado em até 75 mil dólares (aproximadamente 135 mil reais), o maquinário é utilizado para a criação de túneis sem que seja necessário fazer escavações manuais.

Cupons de desconto TecMundo: