(Fonte da imagem: The Shard)

Design arrojado, estrutura moderna e com uma leve pitada futurista. Não, não estamos falando de nenhum novo computador ou conceito de tablet que está por vir, mas de um prédio. O Shard London Bridge é um projeto ousado que pretende construir o maior prédio da União Europeia, com cerca de 310 metros de altura.

O mais interessante da obra é a forma com que ela foi desenhada, contrastando com a arquitetura da capital britânica. Além desse visual um pouco “diferente”, seu conceito também foge da imagem tradicional dos arranha-céus comerciais. De acordo com o chefe do WSP Groups, Kamran Moazami, a ideia é exatamente deixar de lado o estereótipo de escritórios padronizados típico de grandes empresas, embora eles estejam presentes.

Segundo Moazami, além dos 27 andares voltados ao mercado empresarial, há espaço também para restaurantes, spas e até mesmo para apartamentos residenciais. Contudo, o valor do imóvel é para poucos: cerca de 20 milhões de libras esterlinas — quase R$ 56 milhões no câmbio atual.

Outro diferencial do Shard é sua estrutura desenvolvida já pensando em possíveis atentados terroristas. Para evitar um novo 11 de setembro, os arquitetos desenharam o prédio de modo que ele resistisse a desastres naturais — como um pequeno furacão, por exemplo — e a ataques com carros-bomba.

Cupons de desconto TecMundo: