(Fonte da imagem: Phys Org)

Em uma entrevista concedida ao jornal La Tribune de Geneve, Francis Gurry, que encabeça a Organização Mundial da Propriedade Intelectual, afirmou que os jornais no formato como os conhecemos hoje vão desaparecer até 2040. Até essa data, todos os países do mundo devem fazer a transição do papel para o meio digital.

“É uma evolução. Não há lado bom ou ruim sobre isso. Há estudos mostrando que eles (os jornais impressos) vão desaparecer até 2040. Nos Estados Unidos, o fim será em 2017”, afirmou Gurry. Ele também notou que os sinais da mudança já se fazem presentes, como no fato de que as vendas das versões digitais de jornais já superam as ocorridas em bancas, e que há cidades em que o número de livrarias está diminuindo.

O principal problema enfrentado pelo meio digital está em encontrar o método de vendas mais apropriado. Apesar de não oferecer uma solução para o desafio, Gurry afirma que o sistema de copyright atual deve ser mantido, como forma de garantir o pagamento dos escritores responsáveis pela produção do conteúdo disponível nos meios digitais.

Cupons de desconto TecMundo: