Depois do sucesso das famosas pílulas que combatem dificuldades de ereção, a empresa americana Reflexonic apareceu com uma nova ideia para chacoalhar o mercado de saúde sexual masculina.

Aprovado pela FDA (departamento que regulamenta o uso de medicamentos e derivados nos Estados Unidos), o Viberect é um dispositivo desenhado exclusivamente para combater problemas de impotência e derivados.

A mágica começa através de estímulos contínuos provocados pelo objeto na superfície do pênis. Essas reações chegam à medula espinhal e se comunicam com as terminações nervosas do cérebro, entrando em contato com centros responsáveis pelo orgasmo, ejaculação e rigidez do membro.

AmpliarViberect, dispositivo ajustável que emite vibrações que alcançam
o sistema nervoso central. (Fonte da imagem: Reflexonic)

Dessa forma, o vibrador consegue atuar naturalmente, impulsionando o corpo humano a conseguir uma ereção de forma espontânea. O uso, segundo o fabricante, não tem efeitos colaterais — isso se o tempo limite de aplicação diária (10 minutos) for respeitado.

Com venda programada para o começo de agosto, o Viberect deve custar US$ 300 e é recomendado, a princípio, para pacientes que estão se recuperando de problemas como câncer de próstata ou tiveram esse órgão removido, além de pessoas que tiveram algum dano na medula e não conseguem ejacular.

Nada impede, no entanto, de que homens com indisposição sexual causada por qualquer outro motivo comprem a mercadoria — basta apenas uma prescrição médica (válida em território norte-americano, claro).

Cupons de desconto TecMundo: