Conhecido como um dos países mais eficientes do mundo no que diz respeito à manutenção de sua infraestrutura, o Japão voltou a surpreender nesta semana. Uma cratera de 15 metros surgida na cidade de Fukuoka, que ameaçava prédios na proximidade, foi totalmente fechada e a estrada que passava por cima dela foi restaurada em somente 48 horas.

Além de preencher os 6,2 metros cúbicos de areia e cimento necessários para tapar o buraco, o governo local também restaurou a rede de esgoto, sistemas elétricos e a tubulação de gás. Embora o trabalho de reconstrução tenha sido finalizado em 48 horas, a prefeitura local só liberou o tráfego após uma semana — o tempo adicional foi necessário para realizar verificações de segurança que garantiram que o local não é suscetível a novos desabamentos.

Durante o processo de reparo, a polícia local evacuou totalmente os 10 prédios ao redor para assegurar a segurança de seus moradores. Segundo o prefeito Soichiro Takashima, o local afetado pelo desabamento agora está 30 vezes mais forte do que no passado como forma de impedir que situações semelhantes ocorram — as autoridades locais afirmam que o desabamento ocorreu como consequência de obras de expansão de algumas linhas do metrô.

Cupons de desconto TecMundo: