(Fonte da imagem: Kevin Grannan)

O pesquisador Kevin Grennan criou uma axila robótica extremamente realista, capaz de secretar suor e até mesmo reproduzir cheiros desagradáveis. Segundo o inventor do dispositivo (que possui até mesmo pelos), a intenção da novidade é proporcionar um relacionamento mais realista entre humanos e criaturas robóticas.

Grennan afirma que o uso de odores é uma forma mais realista de interação com dispositivos inorgânicos. Como exemplo, o pesquisador cita um robô criado com o objetivo de desarmar bombas que secreta cheiros que indicam medo – algo que, segundo ele, seria uma forma eficiente de alertar pessoas ao redor sobre a ameaça enfrentada.

Outro exemplo é o uso de robôs que excretam cheiros responsáveis por estimular a atividade cerebral de funcionários em uma linha de montagem, o que traria como consequência uma maior produtividade. Até o momento, a axila robótica não passa de um protótipo, e não há indicações de que a invenção venha a ser empregada de forma abrangente em um futuro próximo.

Cupons de desconto TecMundo: