(Fonte da imagem: Scoopertino)

Uma carta falsa criada pelo site Scoopertino, especializado em criar notícias falsas sobre a Apple, fez sucesso e virou um dos assuntos mais comentados em redes sociais na última terça-feira (21 de junho). A brincadeira se tornou conhecida após ter sido levada a sério por John Willshire, executivo britânico que possui uma companhia especializada em marketing social.

Embora hoje a empresa de Steve Jobs desfrute de muita popularidade e seja um dos nomes mais fortes do mundo da informática, a história era bem diferente em 1998. Na época, a companhia sofria com as baixas vendas de seus aparelhos, tendo pela frente um grande desafio: popularizar o primeiro iMac.

Documento forjado

Ampliar (Fonte da imagem: Scoopertino)Na carta forjada pelo Scoopertino, Sean Connery responde de maneira mal-educada a um convite de Steve Jobs para estrelar em um dos comerciais da máquina. Além de afirmar que tal iniciativa seria capaz de arruinar sua carreira, o ator chama Jobs de um “simples vendedores de computadores – eu sou o maldito James Bond”.

Segundo os responsáveis pela brincadeira, o texto seria publicado com exclusividade no livro fictício “iMaculate Conception: How Apple’s iMac Was Born” (Concepção iMaculada: Como o iMac da Apple Nasceu, em uma tradução livre). Comprovar a falsidade das informações é tarefa fácil para o olho atento, bastando observar o fato de que o papel é marcado pelo logotipo da série estrelada pelo agente 007.

Até o momento, a única repercussão da notícia falsa foi uma queda na credibilidade de John Willshire. Em seu perfil do Twitter, o britânico afirma que ele e sua firma são especializados em todos os assuntos que envolvem redes sociais – o que, aparentemente, exclui a detecção de brincadeiras e informações falsas.

Cupons de desconto TecMundo: