Os robôs James e Rosie são muito diferentes das máquinas imaginadas pela ficção científica. Em vez de servir como máquinas de defesa ou escravizadores da humanidade, as máquinas tem como especialidade a cozinha, podendo preparar sem qualquer ajuda um café da manhã completo.

A habilidade dos robôs em trabalhar juntos foi demonstrada para pesquisadores do CoTeSys (Cognition for Technical Systems, ou Cognição para Sistema Técnicos, em uma tradução livre), empresa de alta tecnologia situada em Munique, na Alemanha. O prato selecionado para o experimento foi o Wisswurt Früshstück, café da manhã tradicional da região da Baviera que inclui salsichas e baguetes em sua preparação.

Cozinha internacional

James foi desenvolvido nos Estados Unidos pela companhia de robótica Willow Garage, enquanto Rosie é uma produção da Universidade Técnica de Munique. Apesar das origens diferenciadas, ambos contam com o sistema operacional ROS (Robot Operating System), lasers de escaneamento Hokkyo, sensores 3D baseados no Kinect e podem ser movimentar em qualquer direção.

(Fonte da imagem: Reprodução/YouTube)

A experiência surpreende pela exatidão de movimentos dos robôs, que em nenhum momento derrubam os ingredientes ou deixam que a comida se queime. Até mesmo durante a operação de uma afiada lâmina cortadora os equipamentos são bem sucedidos em detectar distâncias e identificar diferentes elementos.

Não é a primeira vez que o casal de robôs se encontra com o objetivo de preparar uma refeição. Em 2010, ambos se reuniram em um laboratório para cozinhar panquecas para os pesquisadores que acompanhavam o experimento. Ambas as máquinas fazem parte do programa PR2 Beta, que tem como objetivo popularizar o uso de robôs em tarefas cotidianas.

Cupons de desconto TecMundo: