Esportes radicais sempre se reinventam de tempos e tempos, pois os atletas frequentemente buscam uma nova forma de sentir adrenalina. Uma das modalidades que se popularizou há pouco tempo foi o wingsuit, uma roupa que ajuda os paraquedistas a voarem com maior desempenho. Porém, parece que uma nova moda pode estar chegando: a catapulta-humana.

Catapultas eram utilizadas como armas de cerco na idade média, mas datam desde antes de Cristo. Certamente, o equipamento já deve ter tido inúmeras utilidades ao longo da história, mas provavelmente atirar pessoas não era uma delas – pelo menos não por motivos de diversão.

No breve vídeo acima, um homem é arremessado por um arranjo de elásticos (mas com os mesmos princípios do dispositivo medieval) e alcança incríveis 200 kh/h em apenas um segundo com um único propósito: voar e cair.

Certamente que o atleta não chega em velocidades terminais nem se espatifa no chão. Quando o momento acaba, ou seja, a força da gravidade prevalece sobre a de lançamento, o rapaz aciona o paraquedas e pousa em segurança nas imediações. Em resumo: a grande adrenalina é ser arremessado em uma velocidade altíssima. Você teria coragem?

Cupons de desconto TecMundo: