A Shimizu Corporation anunciou no último sábado (27) que pretende instalar painéis solares na Lua como forma de, em um futuro próximo, gerar energia limpa para toda a Terra. Segundo a empresa, o projeto, batizando como LUNA RING, seria capaz de gerar aproximadamente 13 mil terawatts de energia através da captação de raios do Sol.

Os planos da empresa envolvem a construção de uma faixa de painéis solares ocupando aproximadamente 11 mil quilômetros do lado visível do satélite. Como o uso de cabos para a transmissão da energia captada seria impossível, a empresa estuda empregar lasers ou micro-ondas para realizar tal tarefa.

Dificuldades pelo caminho

A iniciativa, que até o momento ainda não tem previsão para sair do papel, dependeria do uso intenso de robôs para a construção dos componentes necessários em um ambiente com gravidade zero. Devido à necessidade de utilizar muitas tecnologias que ainda estão em fase inicial de desenvolvimento ou nem sequer existem, sem contar com a grande quantidade de investimentos necessários, os planos da empresa podem nunca se concretizar.

(Fonte da imagem: Shimizu Corporation)

Apesar das dificuldades enfrentadas, a Shimizu Corporation se mostra otimista na página do projeto localizada em seu site oficial. Segundo a companhia, o projeto é uma alternativa viável para produzir energia de forma praticamente inesgotável, sem que isso represente qualquer dano ao meio ambiente.

Cupons de desconto TecMundo: